Cobertura Hypeness

Conferimos em primeira mão a fantástica exposição Túnel da Ciência em SP

por: Brunella Nunes

Como se forma um buraco negro? O que acontece se o Sol morrer? Quão pequeno é o nanomundo? Podemos prever desastres? Essas e outras perguntas sobre o início da vida, além de quais serão os novos rumos para a sociedade moderna, poderão ser respondidas na incrível mostra Túnel da Ciência, em cartaz do dia 30 de janeiro à 21 de fevereiro de 2014, no Centro de Convenções do Shopping Frei Caneca, em São Paulo.

Dividida por temas, a exposição se espalha ao longo de um moderno labirinto, todo iluminado, com painéis super explicativos e pequenos televisores que auxiliam nas verdadeiras aulas científicas, produzidos pelo Instituto Max Planck, um dos mais importantes do mundo na área de pesquisas. E aqui vai uma dica valiosa: não vá sem ter tempo disponível, pois a mostra é grande.

Logo de cara, você encontra objetos inesperados, que talvez jamais veria pessoalmente. Exemplos? Uma réplica do veículo que explorou Marte; uma Esponja-de-Vidro; um Biochip; uma sonda espacial; entre outros. O conteúdo todo é muito relevante, pois trata diretamente de interesses humanos passados e futuros pouco pesquisados pela maioria da população no cotidiano.

O Hypeness encontrou algumas particularidades interessantes por lá, então vamos por partes:

TC-01

Acima, uma das primeiras atrações da mostra: uma réplica do veículo de exploração espacial rover Curiosity, enviado a Marte pela Nasa em 2012. Foi ele o grande responsável por identificar vestígios de água e amostras de solo, que poderiam comprovar a possível existência de vidas passadas no Planeta Vermelho.

Além disso, a área é dedicada a informar desde o Big Bang e como ele se formou, até novos corpos celestes que estão sendo descobertos e estudados por cientistas. É possível encontrar também um modelo da sonda espacial Rosetta, que após viajar longos 10 anos, alcançará, em maio deste ano, o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, uma enorme massa formada por gelo e pedra que se move rapidamente pelo espaço.

Desta forma, cientistas terão uma melhor análise sobre este corpo celeste de aproximadamente 4,6 bilhões de anos.

TC-02

Sabia que elementos radioativos se desintegram em um tempo 1000 vezes inferior à uma batida de coração, que dura apenas um segundo? Tudo o que diz respeito a nanopartículas você encontra nessa parte da exposição. Na foto acima, observamos uma amostra de poeira supercondutora, capaz de conduzir eletricidade sem resistência, em baixas temperaturas.

TC-03

Estudos sobre simbioses, mecanismos de defesa, mini transmissores colocados em animais e mudanças climáticas são o foco da seção Vida. Na última foto acima, as cruzes mostram a probabilidade de uma fase verde, rica em natureza; quanto maior, mais frequente será. Ou seja, atualmente estamos mal.

Um grande globo é projetado em uma esfera tridimensional que mostra, entre alguns capítulos à sua escolha, alguns episódios terrestres. Se o Sol morrer, por exemplo, a Terra não teria luz alguma em apenas 5 minutos e ficaria imensamente fria. Tudo estaria coberto por gelo e neve em menos de 20 anos. No vídeo abaixo, acompanhe um trecho das mudanças climáticas durante os anos:

As duas primeiras fotos abaixo são, respectivamente: pequenos transmissores de rádio colocados em borboletas. Com isso, é possível acompanhar e prever seus comportamentos migratórios, de acordo com as espécies. A segunda imagem mostra o esqueleto de uma Esponja-de-Vidro, seres que podem viver até 11 mil anos. Através de seus anéis, é possível identificar as variações da temperatura da água ao longo dos anos.

TC-04

Na ala da Complexidade se reúnem questões em torno de alguma compreensão da nossa existência e sobrevivência – coisas que não são tão fáceis da ciência analisar, compreender e responder. Por exemplo: o que é que comanda o mundo? Qual é a linha tênue entre caos e estrutura?

TC-05TC-06

Ah, o cérebro, essa maravilha – com certeza uma das partes mais importantes do Túnel. A foto acima mostra uma espécie de detector de humor, dividido entre feliz, bravo, surpreso e triste, que vai de acordo com a expressão facial da pessoa.

O módulo também reúne informações valiosas sobre nossos neurônios, a comparação da massa cinzenta entre um homem e um rato, como funcionam nossas decisões, e, o mais curioso, como as moscas são utilizadas para pesquisar a visão.

O pequeno vídeo abaixo mostra uma sequência de onde estão localizados os neurotransmissores de visão, audição, fala, toque e cálculo:

TC-07

A área da Saúde também está recheada de coisas interessantes. O debate gira em torno de assuntos que estão cada vez mais próximos da realidade: medicina regenerativa, medicina personalizada, revolução médica, tratamentos contra o câncer e o HIV e  identificação de possíveis epidemias.

Sobre este último, um dado importante foi me dito na mostra. Após observar uma câmera de calor, a orientadora disse que estas são muito utilizadas em aeroportos para identificar as pandemias globais, pois muitas delas começam com febres, e assim, se espalham mundo afora quando o contaminado por um vírus viaja para outro país.

A primeira foto abaixo mostra um tecido cardíaco artificial, produzido com seda de uma lagarta, que poderá substituir estruturas danificadas do coração após um ataque cardíaco. Na segunda imagem, um Biochip, que permite estudar o DNA dos doentes.

Um dos destaques da mostra é o Magic Mirror (Espelho Mágico). Por meio da tecnologia conhecida como realidade aumentada, a pessoa se posiciona em frente à tela e passa por um verdadeiro raio-x em 3D, fazendo com que seja possível observar o próprio corpo por dentro, por meio da ilusão entre imagens reais e virtuais.

TC-07-1

Em Sociedade, a discussão gira em torno dos primórdios da história da humanidade até problemáticas e soluções modernas. O uso de inteligência artificial vinda de robôs é um assunto em pauta, mas o que você talvez não saiba é que não é possível copiar certas competências humanas para se implantar neles, como reconhecimento de voz e controle corporal, por se tratarem de fenômenos emergentes do corpo e cérebro. Com isso, eles teriam de aprender sozinhos e se virarem em certas tarefas, assim como os seres humanos.

Alguns robôs autônomos em estudo já aprenderam sequências de movimentos, que os permitiram jogar uma partida de tênis de mesa!
Uma maquete feita de LEGO, chamada MicroCity, mostra um centro de mobilidade mais fácil e atrativo para os motoristas, como a expansão de mini carros.

As ciências sociais também estudam instabilidades e incertezas da sociedade mundial, regulamentação de processos econômicos que evitem consequências negativas, entre elas, um fato importante: a cada duas semanas, uma língua é extinta.

E o Jardim de Pratolino, já ouviu falar? Ele é simplesmente um dos mais famosos jardins pré-modernos da Europa, que reservou máquinas pneumáticas de alta tecnologia e quedas d’água.

TC-08

Amostras de solo, enzimas de hidrogenase para a produção de hidrogênio, aparelho que mede a temperatura do plasma, energias renováveis, pesquisa em aerossóis, mudanças de climas e efeitos globais, entre outros, são os temas do módulo Energia.

Dados da ONU citados na mostra indicam que em 2030 cada pessoa terá acesso a 30% de energias renováveis. Em breve, este tipo de energia se tornará mais barato, graças a países como a China, que fomentam a expansão das mesmas.

A Geoengenharia também é um tema polêmico para a ciência atual. Ela tem chances de ser um plano B quando se trata de mudanças climáticas, porém, a intervenção intencional em grande escala nos ciclos da Terra não é muito confortável, visto que ainda não é possível calcular com exatidão as consequências globais disso.

O vídeo abaixo mostra a construção do stellarator Wendellstein 7-X, um projeto experimental de reator a fusão nuclear que estará completo em 2014. Construído pelo Instituto Max Planck, o intuito é avaliar os principais componentes de um futuro reator usando este tipo de tecnologia.

TC-09

A exposição traz muitas novidades e respostas. Mas, certamente, você sairá de lá cheio das mais diversas perguntas sobre o que ainda está por vir.

Vai lá:

Túnel da Ciência

De 30 de janeiro até 21 de fevereiro de 2014

Local: Sexto andar do Centro de Convenções do Shopping Frei Caneca

Rua Frei Caneca, 569.

Para mais informações, acesse.

todas as fotos por Brunella Nunes, exclusivamente para o Hypeness.

se-2

Publicidade


Brunella Nunes
Jornalista por completo e absoluto amor a causa, Brunella vive em São Paulo, essa cidade louca que é palco de boa parte de suas histórias. Tem paixão e formação em artes, além de se interessar por ciência, tecnologia, sustentabilidade e outras cositas más. Escreve sobre inovação, cultura, viagem, comportamento e o que mais der na telha.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
A série de fotos que mostra Marilyn Monroe à vontade com seu cachorro