Fotografia

Fotógrafo convive durante 10 anos com tribo prestes a desaparecer e cria série de fotos bela e íntima

29 • 01 • 2014 às 07:36
Atualizada em 05 • 08 • 2014 às 06:37
Vicente Carvalho
Vicente Carvalho Em busca da terra do nunca.

Existem várias formas de documentar os hábitos e costumes de um povo e o fotógrafo israelense Dori Caspi capturou imagens de uma beleza estonteante graças a uma coisa: empatia. Ele passou 10 anos viajando para a África documentando o cotidiano e a intimidade da tribo Himba, que corre risco de desaparecer em alguns anos.

Ao todo foram 15 viagens à Namíbia, e com isso ele criou uma relação próxima com os membros da tribo, que ano após ano perde áreas de suas propriedades com a construção de estradas e sofre com o aumento progressivo dos casos de AIDS entre os membros. Dori afirma que sua câmera nunca foi usada como ferramenta antropológica ou de pesquisa – sobre hábitos e modo de vida da tribo, por exemplo, mas sim como um instrumento em que ele pudesse expressar seu amor pelo povo que conheceu e passou a amar, tanto pela beleza interior como pela física.

E completa: “Eles abriram seus corações e cabanas para mim e, com o tempo, compartilhando relações mais profundas e íntimas, eles se tornaram a minha segunda família”. 

As imagens a seguir não deixam dúvidas de que só alguém muito próximo conseguiria fazer tais fotografias. Confira:

caspiphotography.9jpg

caspiphotography2

caspiphotography3

caspiphotography4

caspiphotography5

caspiphotography7

caspiphotography8

himba

caspiphotography10

caspiphotography11

caspiphotography12

caspiphotographyy

caspiphotographyy6

Todas as fotos © Dori Caspi

Publicidade

Canais Especiais Hypeness