Arte

Fotógrafo usa bonecos pra recriar cenas de guerra desenhadas por crianças

por: Eme Viegas

Sabemos que, infelizmente, o século XXI e a evolução em diversas áreas não significaram o fim de uma das mais básicas e primitivas ações do homem: a guerra. Com ela, as crianças deixam de poder ser crianças e passam a sentir o cheiro da morte e da destruição que lhes bate à porta todos os dias. Brian McCarty foi à Faixa de Gaza, Cisjordânia e Israel confirmar isso mesmo.

O fotógrafo norte-americano usa brinquedos como forma de expressão há 17 anos. Mas em 2011 teve uma ideia poderosa: mostrar a guerra pelos olhos de uma criança. Utilizando os princípios da arte como terapia, McCarty colabora com organizações humanitárias e instituições locais que o apoiam na interação com as crianças. O fotógrafo conversa com elas e as convida a desenhar as suas experiências.

O que McCarty faz depois é comprar brinquedos localmente e usar os desenhos como referência. Além do desenho, conta muito a forma como a criança descreveu a cena e o próprio local, para onde o fotógrafo se desloca sempre. Se é verdade que uma criança dificilmente consegue explicar a sensação associada à perda, à dor, ao medo e ao trauma, o fato é que os desenhos são uma veículo de expressão poderoso, com o qual podemos ver o que muitos destes meninos e meninas têm a dizer.

WarToys1

WarToys2

WarToys3

WarToys4

WarToys5

WarToys6

WarToys7

WarToys8

WarToys9

WarToys10

WarToys11

WarToys12

WarToys13

O projeto de McCarty, chamado War Toys (Brinquedos de Guerra), continua em andamento e ele pretende colaborar com crianças do Afeganistão, Sudão e Colômbia.

Publicidade


Eme Viegas
Trabalho com internet e meu escritório é na praia.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
De fomes e vontades: dois bichos, eles | Do Amor #134