Inovação

O que podemos aprender com “a mulher mais feia do mundo”

por: Eme Viegas

Patrocinado por:

Publicidade Anuncie

Se lhe perguntassem o que é a beleza, como a definiria? O que é que torna uma pessoa bonita, em que traços encontramos essa tão desejada beleza? Lizzie Velasquez tem 24 anos e nasceu no Texas, Estados Unidos, com uma condição rara: ela, coma o que comer, não consegue ganhar peso e nunca pesou mais de 29 quilos em toda a sua vida.

Que se saiba, apenas duas pessoas sofrem da doença em todo o mundo. Uma delas é conhecida como “a mulher mais feia do mundo”. Lizzie Velasquez, ela mesmo, é também cega do olho direito. Por tudo isso, desde sua infância, está acostumada a todo o tipo de insultos ou comentários depreciativos, tendo sido ‘aconselhada’ a suicidar-se depois de um vídeo com seu rosto (e o título “a mulher mais feia do mundo”) ter chegado à Internet.

Sabemos como, infelizmente, alguns adolescentes optam por essa solução, por não aguentarem a discriminação e maldade de que são alvos. Lizzie é diferente: decidiu que não seriam meninos sem nada na cabeça a definir o que ela é. E deu uma palestra, nas famosas conferências TED, absolutamente inspiradora e emocionante sobre suas próprias definições de beleza, felicidade e, sobretudo, sobre a forma como vê a sua condição.

O vídeo abaixo é inglês, mas as legendas podem ser ativadas em português. Vale a pena assistir:

LizzieVelasquez1

LizzieVelasquez2

LizzieVelasquez3

LizzieVelasquez4

*Alteramos o vídeo para a versão legendada em português, que nos foi mostrada pelo leitor Gustavo Corrêa.

Publicidade Anuncie


Eme Viegas
Trabalho com internet e meu escritório é na praia.


X
Próxima notícia Hypeness:
Cidade nas Filipinas oferece quilo de arroz em troca de quilo de plástico