Inovação

Experimento faz com pessoas sintam como é ser do sexo oposto

Vicente Carvalho - 06/02/2014

Qual seria a sensação de se ver através dos olhos do sexo oposto? Esse é o princípio do experimento conduzido com a ajuda de The Machine to be Another, uma plataforma de arte open source que investiga a relação de identidade e empatia através do outro.

A Gender Swap (algo como troca de gênero, em português) é um experimento que usa esta plataforma para a experiência da personificação (uma técnica da neurociência no qual os usuários podem se sentir como se estivessem em um corpo diferente), para criar a ilusão no cérebro. Foram usados aparelhos fixados no rosto das pessoas e uma câmera em primeira pessoa, mas para que a percepção aconteça, o usuário tem que sincronizar seus movimentos com o do outro, ou seja, concordando o tempo inteiro com o movimento que o outro faz.

O experimento aconteceu para serem estudadas algumas questões, como identidade de gênero, teoria queer (que afirma que a orientação sexual e a identidade sexual ou de gênero dos indivíduos são o resultado de uma construção social e que, portanto, não existem papéis sexuais essencial ou biologicamente inscritos na natureza humana), tecnociência feminista, intimidade e respeito mútuo. Veja como foi:

genero

genero2

genero3

genero4

genero5

genero6

genero7

Publicidade


Vicente Carvalho
Em busca da terra do nunca.