Viagem

Fotógrafo documenta as expressões de crianças refugiadas do Afeganistão

por: João Diogo Correia

O belo da infância e a tragédia da guerra – é essa beleza trágica que encontramos espelhada no rosto das crianças retratadas pelo fotógrafo da Associated Press Muhammed Muheisen. Tendo passado os últimos anos no Paquistão, ele captou as expressões de uma das maiores comunidades de refugiados do mundo, saída da violência do Afeganistão, com um foco especial: o olhar de meninos e meninas entre os dois meses e os 15 anos

Apanhados no meio do caos, da violência, da pobreza e da incerteza, milhares de afegãos abandonaram o país rumo ao vizinho Paquistão nos últimos 30 anos. Entre essas pessoas, várias crianças foram obrigadas a crescer depressa e procurar refúgio em casas que não as suas. Apesar do medo em regressar ao país natal, muitas destas famílias não se sentem emocionalmente ligadas aos novos lares e algumas não chegam sequer a ter um.

As imagens abaixo, captadas nos arredores da capital, Islamabad, são apenas um pequeno olhar sobre as condições em que vivem estes afegãos. Todos preferíamos que estas fotos não existissem, mas não adianta fingir que não vemos:

Iaiba Hazrat, 6 anos

RefugeeChildren1

Noorkhan Zahir, 6 anos

RefugeeChildren2

 

Khalzarin Zirgul, 6 anos, segurando o seu primo, Zaman, de 3 meses.

RefugeeChildren4

Robina Haseeb, 5 anos

RefugeeChildren5

Hazrat Babir, 7 anos

RefugeeChildren6

Safia Mourad, 4 anos

RefugeeChildren7

Akhtar Babrek, 13 anos

RefugeeChildren8

Gullakhta Nawab, 6 anos

RefugeeChildren9

Nazmina Bibi, 7 anos

RefugeeChildren10

Hayat Khan&amp, 8 anos

RefugeeChildren11

Shahzada Saleem, 15 anos, segura sua sobrinha Satara, de dois meses.

RefugeeChildren12

Ibraheem Rahlees, 8 anos

RefugeeChildren13

Gul Bibi Shamra, 3 anos

RefugeeChildren14

Abdulrahman Bahadir, 13 anos

RefugeeChildren15

Awal Gul&amp, 12 anos

RefugeeChildren16

Naseebah Zarghoul, 6 anos

RefugeeChildren17

Basmina, 3 anos

RefugeeChildren18

Allam Ahmad&amp, 6 anos

RefugeeChildren19

Todas as fotos: Muhammed Muheisen

Publicidade


João Diogo Correia
É português, viveu no Brasil, Itália e Espanha. Fez a melhor viagem da sua vida pela África e agora está de volta a Portugal. Há mais de três anos, começou a trabalhar remotamente, a partir de casa ou em qualquer lugar com wi-fi, e por isso agradece todos os dias à internet.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Muito antes do descobrimento, trilha conectava litoral de SP ao Império Inca no Peru