Empreendedorismo

Uma carta para mim mesmo 10 anos atrás – por Nick Ellis

Eme Viegas - 28/02/2014

Se pudesse escrever uma carta para você mesmo com menos 10 anos, o que diria? Dessa última década de vida, o que aprendeu que poderia contar para a sua versão mais nova e inexperiente? Esse é o desafio do Hypeness – “Uma carta para mim mesmo 10 anos atrás“, um quadro que quer desafiar diversas pessoas (e você também) a refletir sobre as decisões e o rumo que tem levado na vida .

Convidado de hoje: Nick Ellis, ou Mr. Nice Guy do Nerdcast

Nick por Nick: Atualmente sou blogueiro do Meio Bit, Digital Drops e Blog de Brinquedo, mas já fui editor-chefe do TechTudo da Globo.com; colunista do Yahoo; palestrante e organizador de eventos de tecnologia; autor de posts em blogs internacionais, além de ex-designer.

Oi.

Enquanto lê essa carta, você provavelmente está no seu trabalho na Ideiasnet, fazendo layouts de newsletters e sites. Sua vida está tranquila, sem grandes emoções, mas o melhor está por vir, e não estou exagerando nem um pouco. Os melhores 10 anos da sua vida começam agora, e eu tenho alguns conselhos que podem ser úteis pra você.

Não sei como esta carta vai chegar até você, mas confio no poder da DeLorean do Hypeness para te entregar esta carta em uma sexta-feira chuvosa de 2004 com estes pequenos e sinceros conselhos.

1) Seja um ótimo pai

Daqui a um ano, sua filha irá nascer, iluminando a sua vida de uma forma que você não julgava ser possível. Em 2007 você terá outro filho, para completar a felicidade da sua vida. Agora me escute com atenção: dê toda a atenção e amor do mundo para os seus filhos e sua família. Não importa o quanto você viaje, aprenda ou evolua, você nunca irá fazer nada mais incrível quanto seus dois filhos, esta é a sua especialidade nesta vida.

2) Não se preocupe demais

As noites sem dormir pensando em como pagar as contas se multiplicam quando você tem filhos, pois como dizia o Tio Ben, “com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades”. Não se preocupe demais com os problemas, ao invés disto, use sua energia e sabedoria para resolvê-los, e nunca para amplificá-los. Não troque a emoção e a alegria de ser pai para ficar trabalhando sem parar, especialmente se estiver trabalhando no negócio do seu chefe ou patrão.

3) Crie logo o seu blog!

Em dois anos você vai criar um blog, e ele vai fazer o maior sucesso, tanto que você vai largar sua profissão de mais de 15 anos para viver fazendo o que sempre sonhou, escrever. Se quiser um conselho, que tal começar o blog agora? Eu sei que você não está mais satisfeito sendo um designer gráfico. É uma mudança radical, mas é inevitável, então sugiro fazer agora mesmo, assim você não perde mais dois anos criando layouts para os outros.

4) Aceite desafios, mas lembre-se do seu foco

Em 2010, você será convidado para trabalhar em uma grande empresa, e a criar um portal de tecnologia, e se eu te conheço bem, não importa o que eu te diga, você irá aceitar. Isto é compreensível, pois poucas coisas são mais divertidas que ser o editor-chefe de um veículo ainda não lançado, com carta branca para fazer o que quiser, incluindo liberdade total para escolher os autores, os rumos da linha editorial e os assuntos tratados, com uma equipe de desenvolvedores e assistentes dos sonhos. O orgulho de ter criado um dos maiores sites do país ficará para sempre, mas preste atenção na hora de voltar a dedicar toda a sua energia para o seu projeto.

5) Não deixe nunca de fazer o que gosta

2012 vai ser um ano complicado, talvez o mais difícil da sua vida, no qual você vai passar por grandes mudanças. Neste momento, a única coisa que vai te manter no rumo certo é a música, através de um simples hobby. Se eu te contar que você terá um projeto no qual vai tocar e postar no YouTube uma versão por dia das suas músicas favoritas, você vai me chamar de maluco. Sim, eu sei que você julga isso impossível, já que não toca nem na frente das pessoas mais íntimas, mas aí vai mais um conselho: se livre logo dessa vergonha de aparecer, que isso não leva a nada.

Apesar de não ter sido feito com fins comerciais ou de qualquer outra natureza, seu projeto de 366 músicas será um sucesso pessoal e, graças ao seu trabalho de viajante da tecnologia, será gravado em três continentes e mais de 10 países que você vai visitar ao longo do ano. No ano seguinte, o YouTube vai apagar todos os vídeos, mas isso não importa, o que importa é que você cumpriu seu desafio até o fim, e mostrou pra si mesmo que era capaz de realizar uma façanha tão grande.

6) Viajar é preciso

Nunca troque a experiência de viajar para ficar no escritório e brigue com seu chefe se ele insistir para que você faça isto. Se você for seu próprio chefe, nunca delegue o trabalho que você gosta de fazer para outros. No seu caso, cobrir pessoalmente eventos de tecnologia será uma chance única para conhecer outras cidades, países, culturas e línguas.

7) Nunca deixe de fazer o que faz de melhor (a não ser que sejam mais filhos)

Nunca deixe de fazer o que você faz de melhor. Cada pessoa nasce com uma vocação, e por mais que ela tenha várias aplicações, sugiro nunca se afastar muito do que te deixa feliz e realizado. No seu caso, se me permite um pequeno spoiler, é pesquisar e escrever um bom texto, pauta ou roteiro de um programa de áudio ou vídeo, além de viajar para fazer coberturas de feiras internacionais.

8) Acredite nos seus sonhos

Nick, se eu tivesse que te dar um único conselho, seria este: acredite sempre nos seus sonhos, eles valem muito. Se a maioria das pessoas consegue encotrar seu espaço em uma empresa com patrão, horários, metas e cobranças, devo te dizer que este simplesmente não é o seu caso. Acredite que é capaz e solte as amarras o quanto antes, para evitar tempo perdido. Coloque toda a sua energia nos seus próprios negócios, crie um business plan do seu projeto e busque investimento para não depender dos outros.

Mantenha-se fiel ao que sabe realmente fazer e a vida vai continuar sendo generosa com você. Nos vemos em 2014!

faixa-carta

Publicidade


Eme Viegas
Trabalho com internet e meu escritório é na praia.