Criatividade

Uma carta para mim mesmo 10 anos atrás – por Thiago Cardoso

por: Jaque_Barbosa

Uma carta para mim mesmo 10 anos atrás é o novo quadro do Hypeness, que traz a cada sexta-feira um novo convidado. Pessoas das mais diversas áreas escrevem para si mesmas com menos 10 anos de idade, dando dicas e conselhos de como aproveitar o que está pela frente. Uma oportunidade que já tem gerado importantes reflexões sobre a forma como conduzimos nossa vida e, acima de tudo, tem inspirado muita gente a fazer o mesmo.

Convidado de hoje: Thiago Cardoso (também conhecido como Goiano, Goianix, Goia, Nix)

Idade: 33

Profissão: Diretor de Criação Associado na Blast Radius, em Nova Iorque

Thiago Cardoso por Thiago Cardoso: Designer Gráfico, mas quer fazer videogames porque essa é sua verdadeira paixão. Goiano de nascimento, Paulistano e Carioca por um tempo, e agora Nova Iorquino há quase 7 anos. Ama arquitetura, música, super carros, pessoas, lugares e culturas diferentes. 

Oi Thiago,

Tudo bem? Eu sei que sim.

Deve estar se perguntando quem é que te escreve — Bem. Eu sou você, amanhã! Na verdade, eu sou você daqui a 10 anos! Louco, né? Também achei louco quando fiquei sabendo que tinha que escrever pra você, 10 anos atrás. Como sou novo nesse negócio de viagem no tempo, e sei que você também é, ainda não sei bem ao certo o que escrever, mas acho que nesses 10 anos aprendi algumas coisas a mais que você, e tenho certeza que poderá usufruir de algumas dicas minhas (nossas).

Janeiro de 2004. Putz! Nessa época você ainda está trabalhando em Sampa. Muita coisa passando pela cabeça. Muitos sonhos. Muitos desafios. Muitas dúvidas. Muito tudo… Acredite: Não serão os últimos. Muita coisa melhora, na real tudo melhora… São só boas lembranças. Não vou te contar o que vai acontecer exatamente porque tenho receio do tal “Butterfly Effect”, mas uma ajudinha do seu “futuro eu” provavelmente é bem-vinda.

Muita coisa vai mudar nos próximos 10 anos — como é de se esperar. E eu faria tudo de novo, tenho um pouco de inveja de você. Hmmm, de mim, 10 anos atrás.

Você vai conhecer muitos lugares bacanas, e se possível, tente explorar o mundo mais do que eu. Daqui a 10 anos você não terá se arrependido. Bote a cara no mundo. Mochile. Não dependa de ninguém pra viajar. Sei que você tem um pouco de receio de viajar sozinho mas acredite em você (em mim). É duca! Sei que você já conhece alguns lugares bem legais no Brasil e no Mundo… Interessante é, 10 anos depois, voltar. E lembrar quando estivemos lá pela primeira vez. Os lugares não mudam – as luzes, o cheiro, a textura. Tudo igual. Estão lá bem antes de nós, e estarão lá bem depois da nossa passagem. Somos nós mesmos que mudamos. Acredite…

Você sempre foi um cara curioso e acho que eu sou mais curioso que você. Com todo respeito. Nunca abandone o seu senso de curiosidade. Compre mais livros do que você possa ler. Vários deles. Estude mais… Sei que a carreira de publicidade não é das mais fáceis. Mas… Ah, jogue bastante videogame. Muito mais do que eu joguei. Aposto que no futuro poderemos fazer deles nosso ganha pão… (Ahh, Butterfly Effect, foi mal, não resisti).

Perca mais tempo com bobagens na Internet. Sei que a conexão em 2004 era uma merda mas não desista. Informação é o maior bem que a humanidade tem e precisa pra evoluir. E você faz parte disso tudo.

Muitas amizades virão e irão. Decepções serão inevitáveis. Surpresas agradáveis ainda mais inevitáveis. Você conhece bastante gente, e pessoas do bem atraem pessoas de bem. Continue sendo transparente, sincero, se coloque no lugar nas pessoas. Sei que você acredita que isso é um dos principais motivos pra se ser feliz e é bem por aí.

Família é a coisa mais importante que cada um de nós tem. O amor que sentem por nós é imensurável. Nunca, nunca, nunca perca a paciência com eles. São nosso maior tesouro. Aproveite-os ao máximo. E guarde-os no lugar mais especial da sua alma. Saudade sempre existirá… você saiu de casa cedo. Mas saiba que eles sempre estarão lá, torcendo por você. E te amarão acima de tudo.

A vida é curta, meu brother. Não se apegue à coisas que te fazem triste. Não vale a pena. Continue sendo quem você é que eu te garanto que você estará bem no futuro. Ame as pessoas, os animais, a natureza. Eles te amarão também.

Deixo aqui aquele abraço amigo. Quem sabe daqui 10 anos não te escrevo outra carta?

Ah, compre ações do Facebook se puder, várias!

Te vejo no futuro.

Seu eu,
Thiago.

faixa-carta

Publicidade


Jaque_Barbosa
Poeira Estelar.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Jardim no Pote’ cria ecossistemas autossustentáveis em recipientes de vidro