Viagem

Se você está frustrado com seu trabalho, esse post pode te ajudar a mudar de rota

por: Eme Viegas

Você já entendeu que não está feliz com o seu emprego. Percebeu que a trilha profissional que você escolheu até agora, não tem te trazido felicidade. Você sabe que poderia brilhar muito mais, sabe que tem um chamado, mas tem dificuldades em descobrir para qual caminho ir. A boa notícia é que se você sabe o que não quer, já andou uma boa parte do caminho. Muitas pessoas só chegam nessa conclusão quando estão próximas da aposentadoria, então se anime.

Temos recebido muitas mensagens de pessoas pedindo ajuda nesse sentido. Elas já têm certeza que querem outro caminho profissional, mas não sabem para onde ir. E esse é de fato um dos desafios da nossa geração: estamos cercados de tantas possibilidades, que fica difícil escolher qual mais se encaixa com a gente. Por isso, no post de hoje, vamos propor uma metodologia para aqueles que estão se sentindo perdidos na trilha profissional.

“Eu já pensei, mas não consegui descobrir o que realmente eu amo fazer.” Escutamos isso o tempo todo. Grande parte das pessoas que vêm falar com a gente, tem esse argumento. “Eu já pensei.” Mas será que pensou mesmo? Suspeitamos que não, porque se tivesse pensado de verdade, já teria chegado na resposta. Muitas vezes achamos que estamos fazendo algo mas, devido sua dificuldade, nos boicotamos. É como se estivéssemos mentindo para o chefe, dizendo que fizemos um trabalho. Mas na vida, não existe chefe. Você é o seu mestre, e você vai viver as dores e as realizações que surgem no seu caminho. Mentir para você mesmo pode estar te tirando da rota. Quando entendemos que sempre estamos no lugar que escolhemos, pois o nosso presente é apenas um resultado das nossas ações passadas, conseguimos de fato perceber que muitas vezes somos os vilões da nossa própria história. No entanto, esse cenário pode mudar. Você pode matar o vilão e, então, se tornar o herói da sua própria vida.

E então, está pronto para começar? O processo é simples, mas não deixa de ser desafiador. Nós já usamos esse processo pelo menos umas 15 vezes na nossa vida em etapas diferentes. E por isso podemos garantir que, se bem feito, o exercício de fato funciona e pode te ajudar a chegar mais perto do seu sonho. Ao trabalho:

1) Escolha um dia no qual você tem bastante horas livres, já que o exercício tende a ser ser longo. Se você não tem horas livres durante a semana, separe um dia no final de semana. Se você tem filhos, leve-os para passar o dia na casa dos tios. Se você tem namorado(a), diga para ele(a) sair com os amigos. Se é dia de jantar na casa da avó, invente qualquer desculpa. Eles vão entender. Esse momento precisa ser total e absolutamente seu. Lembre-se: as respostas já estão do lado de dentro. Você apenas precisa silenciar todas as vozes ao seu redor para poder ouvir as respostas. E isso pode levar um tempo, principalmente nas primeiras vezes.

2) Crie um ambiente aconchegante. Acenda uns incensos, coloque um som baixinho, sente-se em um local confortável, enfim, crie um ambiente que te faz sentir bem e confortável. Desligue o celular e a TV. Evite ter que sair toda hora para pegar água, quitutes, ou coisas do tipo, pois como você estará numa situação na qual irá questionar os padrões da sua mente, e realmente entrar em contato com o que você realmente quer, o seu cérebro pode tentar te boicotar, criando distrações para te tirar do foco. Não permita.

3) Pegue uma folha de papel e uma caneta. Divida a folha em duas colunas, formando uma tabela.

No lado esquerdo, escreva todas as coisas que você gosta de fazer, mesmo que nunca antes tenha imaginado que aquilo poderia virar uma profissão. Quanto mais específico, melhor. E quanto mais opções, melhor. O ideal é que você consiga preencher no mínimo uma folha inteira. Se você não sabe do que gosta, essa é uma boa chance de descobrir.

Ex: 

Gosto de experimentar novos tipos de café.

Gosto de cachorros, mas não dos doentes. Gosto de ter contato com eles saudáveis.

Gosto de fazer penteados.

Gosto de dar conselhos para meus amigos na área amorosa.

Gosto de dirigir.

Gosto mexer com plantas. 

4) No lado direito da tabela, pense em profissões, ou formas de ganhar dinheiro, que podem ser associadas com essas coisas que você gosta. Vale ir desde as profissões mais clássicas que já existem, como também vale deixar sua imaginação correr e criar profissões. Muitas vezes o trabalho dos seus sonhos não existe, você vai ter que criá-lo, assim como alguém criou as profissões que conhecemos hoje. Pense nas lacunas do mercado. Pense em necessidades que existem nessa área, mas que ainda não foram criadas. Ex, se você gosta de ter contato com cães, pense em coisas que você desejaria que existissem, por exemplo, uma coleira luminosa para você poder soltar seu cão no parque de noite sem perdê-lo de vista, etc.

Tente pensar em no mínimo 3 possibilidades de trabalho para cada uma dessas coisas que você gosta.

Ex:

Gosto de cachorros, mas não dos doentes. Gosto de ter contato com eles saudáveis.

Possibilidades de profissão: Passeador de cães, Banho e tosa à domicílio, criador de comidas saudáveis e naturais para cães, criador de uma coleira especial que brilha de noite, babá de cachorro, etc.  

5) Tendo feito isso, agora passe por cada uma das profissões listadas, e tente te visualizar trabalhando naquilo. Pense de verdade. No caso dos cachorros, se imagine por exemplo, tendo uma rotina de passeadora de cães. Como isso te faria sentir? Você seria feliz passando seus dias levando cães para passear? Você seria feliz tendo essa rotina? Nesse momento, não pense em dinheiro. Sempre que você trabalhar com algo que realmente ama, vai fazer isso melhor do que as outras pessoas, e automaticamente vai encontrar formas de ganhar mais dinheiro. 

Faça um X ao lado das profissões que fizeram seu coração vibrar. Não tenha pressa, passe por cada uma com atenção, e sinta o que ela gera dentro do seu peito. As que não te fizerem sentir nada de especial, podem ser removidas da lista. Fique somente com aquelas que gerem borboletas no seu estômago.

6) Separe as opções que sobraram, e as leve para uma outra tabela.

No lado esquerdo, escreva essas profissões, e depois crie mais duas colunas – uma para os Prós, e outra para os Contras.

Vá passando uma por uma, e anotando quais seriam os prós e contras. Mais uma vez, gaste um tempo em cada uma delas. Lembre-se que fazer esse exercício de forma séria e comprometida, pode eliminar anos de frustrações da sua vida.

Depois disso, veja aquelas que têm mais “contras” e elimine da lista. Mantenha somente aquelas cujos “prós” foram mais presentes. O ideal é que no final você tenha pelo menos 3 opções. Pode acontecer diferente também: você pode ficar tão encantado com uma opção, que não vai mais querer pensar nas outras. Tudo ótimo. Esse é o maior sinal. Siga em frente nesse foco.

Ou pode ser que sobrem muito mais do que 3 escolhas. Sem problemas também. Refaça o passo 5 com elas, gastando mais tempo nessa fase do exercício, para que consiga chegar nas opções que têm mais aspectos positivos para você.

Tendo feito tudo isso, você terá nas suas mãos informações valiosas. Saber o que gosta não será mais um problema se você tiver feito o exercício certinho. Mais uma vez, reforçamos que o exercício só funciona se for feito sem pressa, dando tempo para ouvir a sua intuição, dar tempo para seu lado criativo assumir o controle. Se for para fazer com pressa, nem comece. Você só vai perder tempo, e vai ter em mãos mais uma desculpa dizendo que tentou e que não deu certo. Só não dará certo se você não se esforçar para isso. Lembre-se: sua vida é um resultado das suas escolhas passadas.

Com essas opções que sobraram da lista, agora chegou a hora de pensar mais a fundo sobre elas. Analise o mercado. Pesquise quem já trabalha com isso. Analise as lacunas. Descubra como foi a trajetória de quem conseguiu chegar lá e hoje vive daquilo que também é o seu sonho. Pense em como inovar, em como criar algo diferente, em como criar algo que as pessoas precisam, mesmo que elas ainda nem tenham se tocado disso. 

Você também pode levar essa reflexão para mais longe: se você, por exemplo, pensa em ser um Nômade Digital, pense em como criar desdobramentos nessa área que te permitam trabalham pela internet, mesmo que ninguém tenha feito isso antes, afinal, alguém tem que começar, e esse alguém pode ser você.

Repita o exercício quantas vezes for necessário, em diferentes momentos da sua vida, sempre que sentir que quer ir para outro caminho. Lembre-se, para sair da zona de conforto, é preciso fazer pelo menos uma coisa por dia que te aproxime do seu sonho, caso contrário, você já tem a certeza que está se boicotando.

Depois de chegar na ideia do que quer fazer, se prepare para o hard work. Nada é fácil, e para realizar um sonho, é preciso lutar por ele todos os dias. Em breve vai entrar no ar um post falando sobre a importância vital da ralação.

Queremos ouvir o feedback de vocês! Deixem comentários no post dizendo se fizeram o exercício, como foi, quais os resultados, dentre outros. Estamos aqui para ajudar no que for possível. 

Publicidade


Eme Viegas
Trabalho com internet e meu escritório é na praia.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Joanesburgo: rolê no centro financeiro e cosmopolita da África do Sul pós-apartheid