Design

Fotógrafo viciado em heroína registra o dia-a-dia de abuso da droga

por: Redação Hypeness

Com câmeras digitais simples, no modo timer, em cima de mesas, armários e prateleiras, o fotógrafo Graham MacIndoe capturou seus longos e desesperadores dias como viciado em heroína. Os ambientes sujos, a preparação da droga, a agulha, o antes e o depois: está tudo devidamente registrado.

“Um dia eu entrei em um banheiro, me olhei no espelho e parecia tão mal, tão cansado… Sem dormir há dias. Eu tinha comigo um celular com câmera e tirei uma foto de mim mesmo. Depois observei a imagem e ela me inspirou a tirar mais fotos minhas para documentar meu vício”, conta o fotógrafo, que hoje está livre das drogas.

Ao todo são 342 retratos que mostram o vício diretamente do ponto de vista do usuário. O mais curioso é que, mesmo em uma situação degradante e, na maioria das vezes, sob o efeito da droga, Graham MacIndoe conseguiu cliques incríveis. Ainda assim, ele diz que o único objetivo é alertar para o problema da dependência.

Vale a pena ver:

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

Graham MacIndoe

todas as fotos © Graham MacIndoe

Esta série nos lembrou de uma outra  que mostramos no Hypenes há algum tempo – vários auto-retratos desenhados por um artista sob o efeito de diferentes drogas – aqui.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
NY Times recria Manhattan antes da ocupação humana em imagens