Inovação

Fotógrafo cria um hamburguer criativo por semana. O resultado vai te deixar com muita fome.

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Quando Mathew Ramsey postou a foto do seu hambúrguer nas redes sociais pela primeira vez, mal sabia aonde essa iniciativa iria levá-lo. Na verdade, ele só queria alguns likes. Mas o resultado foi um novo e delicioso projeto: o pornburguer.me, site que incentiva o chef a, semanalmente, fazer um novo hambúrguer ainda mais criativo e tentador.

O lanche que resultou no site foi chamado de o “Bambi”. Ramsey empilhou um hambúrguer de carne de veado, evidentemente, queijo tallegio derretido, molho chasseur cremoso, beterraba e presunto SPAM (sim, ele mesmo). Quando questionado se podia fazer ainda melhor, Ramsey iniciou o que ele chama de “desafio criativo de um ano”.

“Sou um pervertido do hambúrguer”, resume-se o autor do site, que ainda é editor de vídeos e fotógrafo, além de um curioso da culinária. Segundo ele, o desafio para os próximos meses é começar os ingredientes do zero. “Gostaria de fazer tudo do começo, como chips de beterraba, por exemplo. Mas espero mesmo é copilar as receitas em algum tipo de revista pornográfica do hambúrguer. Ou que pelo menos eles rendam uma boa conversa”, finalizou em entrevista ao Buzzfeed.

Veja as fotos. E prepare o babador.

enhanced-buzz-4530-1394300326-8

thepickleback2

thelolita2

sokalbimaybe2

enhanced-buzz-29781-1394639688-8

enhanced-buzz-25297-1394300676-20

enhanced-buzz-25297-1394300404-10

enhanced-buzz-16396-1394300617-15

enhanced-buzz-7984-1394300538-16

enhanced-buzz-2701-1394300819-9

enhanced-20685-1394650191-28

As fotos são do pornburgue.me.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Designers japoneses criam tintas sem nome para repensar como as crianças aprendem sobre cores