Inovação

O gesso do futuro promete revolucionar o tratamento de ossos quebrados

Redação Hypeness - 28/04/2014 | Atualizada em - 27/06/2018

Mal ventilado e com um odor desagradável e característico, o gesso que usamos atualmente para imobilizar partes do corpo que tenham sofrido fraturas provoca coceiras, não pode ser exposto à água e causa diversas outras limitações ao paciente. Ao pensar em algo que pudesse substituí-lo, Deniz Karasahin apostou na tecnologia e concebeu o Osteoid.

O gesso “do futuro” é feito sob medida em uma impressora 3D e, repleto de orifícios de ventilação, pode ser usado junto a um sistema chamado LIPUS, que consiste em enviar pequenos pulsos de ultrassom que auxiliam na recuperação do osso em até 38%. Esse sistema funciona com dois eletrodos colados à pele, que são encaixados na estrutura de plástico, e exige apenas 20 minutos diários para gerar resultados.

Por ser impresso em 3D, o Osteoid é completamente personalizável, tanto em questão de tamanho quanto em relação a cores – nem mesmo a brincadeira de assinar no gesso fica esquecida! Solução genial, hein? Não é à toa que o Osteoid foi premiado com a medalha de ouro no A’Design Award, na categoria de Impressões 3D e Design de Produtos. Você o usaria?

Osteoid, o gesso "do futuro"

Osteoid, o gesso "do futuro"

Osteoid, o gesso "do futuro"

Osteoid, o gesso "do futuro"

Osteoid, o gesso "do futuro"

As impressões 3D têm se mostrado especialmente úteis na área da medicina. Como você já viu aqui no Hypeness (e se não viu, clique aqui), próteses podem ser modeladas e impressas a um preço baixíssimo, ajudando quem precisa delas.

Todas as fotos © Deniz Karasahin

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.