Inovação

Nesse café você não paga nada do que consome. Só paga o tempo que lá fica.

09 • 04 • 2014 às 12:00 Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Que tal ficar trabalhando num café uma tarde inteira e não pagar pelo consumo? Parece bom negócio, certo? Neste estabelecimento que está dando o que falar em Londres, a conta vem com um único item: o tempo que você permaneceu no local.

Que tal ficar trabalhando num café uma tarde inteira e não pagar pelo consumo? Parece bom negócio, certo? Neste estabelecimento que está dando o que falar em Londres, a conta vem com um único item: o tempo que você permaneceu no local. Logo na entrada do Café Ziferblat, um funcionário pede gentilmente que você marque o horário da sua entrada. A partir daí, tudo é gratuito. Internet, impressora, bebidas, pastelaria, tudo mesmo. Somente ao final, na sua saída, você paga pelos minutos que utilizou, algo em torno de 2 euros a hora.

O conceito foi lançado por Ivan Mitin há dois anos na Rússia. O comunicado da empresa divulga o local como uma experiência social, incentivando a troca de informações e experiência dos frequentadores. “Estamos preocupados, primeiro, com o individualismo e a liberdade interior. Providenciamos algo como um refúgio numa cidade de impostores. É como uma casa na árvore para adultos. As pessoas reúnem-se para construir um lugar para si próprio, para serem abertos uns com os outros, para se esconderem dos adultos”, disse Ivan Mitin à revista online Animal.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=s5pF5EFVpvw”]

457A9234

1441504_465206526934219_812222178_n

article-2536221-1A81E14E00000578-356_634x422

The-Week_Ziferblat_RG011

article-2536221-1A81E13200000578-826_634x422

Ziferblat

ziferblat-cafe-london-2

ziferblat-cafe-london-4

Ziferblat-Cafe-London-3

Ziferblat-London-3

As fotos são da fanpage do Café Ziferblat. Logo na entrada do Café Ziferblat, um funcionário pede gentilmente que você marque o horário da sua entrada. A partir daí, tudo é gratuito. Internet, impressora, bebidas, pastelaria, tudo mesmo. Somente ao final, na sua saída, você paga pelos minutos que utilizou, algo em torno de 2 euros a hora.

O conceito foi lançado por Ivan Mitin há dois anos na Rússia. O comunicado da empresa divulga o local como uma experiência social, incentivando a troca de informações e experiência dos frequentadores. “Estamos preocupados, primeiro, com o individualismo e a liberdade interior. Providenciamos algo como um refúgio numa cidade de impostores. É como uma casa na árvore para adultos. As pessoas reúnem-se para construir um lugar para si próprio, para serem abertos uns com os outros, para se esconderem dos adultos”, disse Ivan Mitin à revista online Animal.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=s5pF5EFVpvw”]

457A9234

1441504_465206526934219_812222178_n

article-2536221-1A81E14E00000578-356_634x422

The-Week_Ziferblat_RG011

article-2536221-1A81E13200000578-826_634x422

Ziferblat

ziferblat-cafe-london-2

ziferblat-cafe-london-4

Ziferblat-Cafe-London-3

Ziferblat-London-3

As fotos são da fanpage do Café Ziferblat.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness