Design

Veja como uma torre é capaz de transformar vapor em água potável para regiões carentes

por: Vicente Carvalho

Em uma viagem à Etiópia, o arquiteto italiano Arturo Vittori ficou fascinado pelas belas paisagens naturais do país, mas mostrou-se igualmente preocupado ao perceber que muitas comunidades não têm água, eletricidade e muito menos vaso sanitário ou chuveiro funcionando. Por causa disso, há mulheres que andam quilômetros para conseguir encontrar água, mesmo que seja em lagoas contaminadas.

Determinado a ajudar a resolver esse problema, o arquiteto projetou então algo prático e de fácil construção: assim nasceu a WarkaWater, uma torre que capta o vapor de água atmosférico e o torna próprio para consumo. Com uma estrutura extremamente simples, a torre pode ser replicada em qualquer lugar, pois os materiais utilizados para o “esqueleto” foram bambus ou talos de juncus (ou algum outro material que seja predominante na região e que mantenha a eficácia da estrutura).

No interior, a estrutura é forrada com uma malha de plástico, muito parecida com o material usado para transportar frutas e legumes, que ajudam a captar as gotículas de orvalho, que escorre até uma bacia que fica embaixo da torre. O vídeo abaixo mostra a construção de uma Warka Water:

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=RjGVRuN9akM” width=”628″ height=”350″]

1

2 (1)

2

3 (1)

4 (1)

4

5

6

8

10

11

12

13

14

Cada uma das torres custa em média US$ 550 e precisa de quatro pessoas e uma semana para ser construída. O arquiteto busca agora parceiros para levar sua ideia para outras áreas necessitadas.

Para mais informações técnicas e de construção da torre, acesse este site aqui.

Fotos: Divulgação

Publicidade


Vicente Carvalho
Em busca da terra do nunca.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Pantone lança ‘vermelho menstruação’ para desconstruir estigmas em torno do assunto