Inovação

O material do futuro é dobrável, mais forte que o aço e pode revolucionar o mundo da tecnologia

por: Redação Hypeness

Você já pensou o que seria possível fazer se houvesse um material que fosse duzentas vezes mais resistente que o aço, sete vezes mais leve que o ar, condutor de eletricidade e calor, transparente e flexível? Ele existe e pode revolucionar a indústria eletrônica. Conheça o grafeno.

Trata-se de uma folha plana de moléculas de carbono que está deixando pesquisadores da indústria de tecnologia maravilhados. Com ele, seria possível criar produtos mais finos, flexíveis e com baterias mais poderosas. Imagine, por exemplo, um celular fino como uma folha, que pudesse ser dobrado e cuja bateria durasse mais de uma semana. Com o uso do grafeno, tudo isso seria possível.

Empresas como a Samsung, IBM, Nokia e SanDisk já trabalham em testes e possibilidades. O uso deste material também viabilizaria o que chamamos de tecnologia de vestir, um conceito que aproxima a interação de eletrônicos com o corpo, transormando-nos em verdadeiros ciborgues.

Até mesmo a camisinha poderia ser beneficiada pelas pesquisas com o grafeno. A Fundação Bill e Melinda Gates, administrada pelo co-fundador da Microsoft, investiu US$ 100 mil, em 2013, para viabilizar a criação de um preservativo feito com o material, que permitiria uma experiência mais natural e garantiria ainda mais proteção na hora do sexo.

Conheça algumas pesquisas e testes já realizados com o grafeno:

Circuito de eletrodos de grafeno impressos em um polímero de silicone

Grafeno, o material resistente e leve que pode revolucionar a tecnologia

Foto © Ji Hye Hong

Bateria de íon-lítio com camada de grafeno poderia carregar um smartphone em segundos

Grafeno, o material resistente e leve que pode revolucionar a tecnologia

Foto © SiNode Systems

Fibras de grafeno podem ser usadas para a fabricação de roupas inteligentes

Grafeno, o material resistente e leve que pode revolucionar a tecnologia

Foto © Jeff Fitlow

O uso do grafeno permite a construção de telas flexíveis

Grafeno, o material resistente e leve que pode revolucionar a tecnologia

Foto © Byung Hee Hong

Chip de grafeno: resistente e flexível

Grafeno, o material resistente e leve que pode revolucionar a tecnologia

Foto © Inmesol

Exemplo de tela flexível 

Grafeno, o material resistente e leve que pode revolucionar a tecnologia

Foto © Samsung

Aerogel de grafeno é resistente e mais leve que o ar

Grafeno, o material resistente e leve que pode revolucionar a tecnologia

Foto © Zhejiang University

Em 2010, Andre Geim e Konstantin Nonoselov, da Universidade de Manchester, na Inglaterra, ganharam o Prêmio Nobel de Física por pesquisas com o material, principalmente relacionadas à levitação magnética. Além das pesquisas com o grafeno ainda serem recentes, este não é um material fácil de ser produzido em larga escala – apesar de apresentar baixo custo. No Brasil, a Universidade Presbiteriana Mackenzie deve concluir ainda este ano a construção de um centro específico para a pesquisa do grafeno no país.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Uma mulher latina, estudante de enfermagem, inventou o álcool gel