Seleção Hypeness

Seleção Hypeness: uma viagem gastronômica pelos 32 países da Copa sem sair de São Paulo

por: Paulo Moura

Dizem por aí que a cidade de São Paulo abriga lugares que oferecem comidas típicas de todas as partes do mundo. Será mesmo? Em época de Copa do Mundo, o Hypeness foi investigar se a fama procede na prática.

Fuçamos, fuçamos e encontramos, sim, exemplos de restaurantes e bares na cidade que oferecem ao menos um petisco que seja de cada uma das 32 seleções que disputam o torneio.

Confira nossa descobertas, na Seleção Hypeness da semana: 

1) AlemanhaDie Meister Stube

AlemanhaSH

Instalado há mais de 30 anos dentro das dependências de um tradicional clube alemão localizado no Campo Belo, esse restaurante oferece um eisbein com chucrute dos deuses!

2) ArgéliaTanger

ArgéliaSH

Assim como ocorre no Marrocos, o alimento mais consumido na Argélia é o cuscuz feito à base de semolina e o Tanger, certamente, é um dos melhores lugares para apreciá-lo em SP. A charmosa casa da Vila Madalena oferece várias versões do prato: com cordeiro, peito de boi, frango e até mesmo uma opção vegetariana.

3) ArgentinaMoocaires

ArgentinaSH

Não faltam boas casas portenhas em SP, mas o boteco Moocaires, na Móoca, ganha destaque pela autenticidade, não somente nas receitas, mas na ambientação. Para passar uma noite inteira saboreando as maravilhosas empanadas e bebericando.

4) AustráliaOutback

AustráliaSH

Nada representa melhor a comida australiana em SP do que o Outback. Adorada por dez em cada dez pessoas, a casa é especializada em carnes pra lá de suculentas, mas o ícone do seu cardápio certamente é a cebola gigante dourada com molho

5) BélgicaBelga Corner

BelgicaSH

A casa bem decorado e agradável localizada no Itaim foca em duas frentes: pratos belgas, como o guisado de frango e legumes e as almôndegas,  e incrementados sanduíches no pão pitta. De sobremesa, não dispense os incríveis waffles.

6) BósniaCasa Búlgara

BosniaSH

Como as comidas típicas da Bósnia são um misto de culinárias de países vizinhos, tendo a bureka – rosquinha de massa folhada recheada – como prato mais popular, uma indicação sem erro é a Casa Búlgara, no Bom Retiro.

7) BrasilBrasil a Gosto

BrasilSH

Eis um lugar onde você poderá fazer uma verdadeira viagem gastronômica por todas as regiões do país. Comece a aventura pedindo a caipirinha de jabuticaba e caju, peça os mini acarajés de aperitivo, deguste como prato principal o pirarucu grelhado e encerre o banquete com a incrível maria-mole com baba de moça.

8) Camarões – Biyou’z

CamarõesSH

O restaurante ocupa uma salinha com paredes pintadas de verde e vermelho no centro de São Paulo. A comida é muito boa e barata, sendo o carro chefe o peixe frito com molho de cebolas e banana da terra.

9) Chile – El Guaton

ChileSH

Misto de bar e restaurante localizado em Pinheiros que você vai querer passar no mínimo uma tarde inteira à toa. O pastel de choclo, uma torta fumegante de milho com carne moída, cebola e peito de frango, é incrível e vai bem com um ou alguns pisco sours.

10) ColômbiaSabores de Mi Tierra

ColômbiaSH

Nesse sobrado com uma deliciosa varanda, é possível degustar as tradicionais arepas, discos de massa de milho branco, e patacóns, discos crocantes de banana-da-terra frita, com os mais diversos recheios. Refeição rápida, gostosa e barata.

11) Costa do MarfimFrutaria São Paulo

CostadoMarfimSH

Muita gente não sabe, mas a Costa do Marfim é o maior produtor e exportador de cacau do mundo. O suco da fruta lá é tão comum como o nosso de laranja. Se você ainda não provou um, vale dar uma passada na Frutaria São Paulo. Dizem que é um tremendo antioxidante.

12) Coreia do Sul – Seok Joung

CoreiadoSulSH

Para a dobradinha ‘futebol e churrasco’, a boa desse restaurante do Bom Retiro é o bulgogi. Uma porção de contrafilé chega à mesa marinada em molho de shoyu, açúcar e óleo de gergelim, acompanhada de conservas de nabo, acelga e outras verduras, massa de peixe, macarrão de arroz e uma omelete com verduras. Ufa!

13) Costa RicaGuanahani

CostaRicaSH

Com uma decoração caribenha, com direito a belas palmeiras no interior do salão, esse restaurante é um dos poucos onde se pode encontrar o tradicional tamal, prato muito apreciado na Costa Rica. A massa feita à base de milho, com recheio de arroz, legumes e carne, vem embrulhada em uma folha de bananeira.

14) CroáciaMaria Escaleira

CroáciaSH

O goulash, um dos pratos mais apreciados na Croácia, pode ser saboreado na sua melhor forma nesse restaurante especializado em comida do Leste Europeu. Aqui, a iguaria vem acompanhada arroz de coco.

15) EquadorSuri

EquadorSH

Vá lá e peça sem medo de errar o ‘Clásico Ecuatoriano’. Trata-se de um ceviche feito com camarões, vôngoles, cebola roxa, molho de pimenta, maionese, coentro, catchup e chips de banana.

16) EspanhaMaripili

EspanhaSH

Entre muitas opções classudas na cidade, o Maripili se diferencia por respeitar a identidade de uma genuína tasca, não abrindo mão da tipicidade espanhola. Um copo de jerez, um pedaço de tortilla, embutidos fatiados e um prato de callos à madrilenha, e você sai feliz da vida

17) Estados UnidosHooters

EUASH

Acomodados em balcões de madeira, os clientes podem assistir a partidas de basquete, beisebol e futebol americano enquanto são servidos por belas garçonetes vestidas de shorts laranja e miniblusas brancas. As asinhas de frango temperadas vão muito bem com um ou alguns pitchers.

18) FrançaLa Casserole

FrançaSH

O bom e velho restaurante do Largo do Arouche é imbatível. O ritual do preparo na sua frente do steak tartare por um garçom vestido com terno branco e gravata borboleta parece coisa de filme.

19) GanaBiyou’z

GanaSH

No restaurante do centro, já mencionado logo acima, além de pratos típicos camaroneses, é possível encontrar a famosa polenta ganense conhecida pelo nome de fufu, feita com mandioca, arroz ou milho.

20) GréciaAcrópoles

GréciaSH

Cravado em pleno comércio do Bom Retiro há mais de 60 anos, esse restaurante é um clássico da cidade de SP. O cliente escolhe o que comer olhando as travessas direto na cozinha e não faltam opções, com destaque para o moussaka e o polvo ao vinho.

21) HolandaO’Malley’s

HolandaSH

Um dos melhores petiscos holandeses para acompanhar um chopp é o bitterballen, uma espécie de croquete, só que com formato arredondado, normalmente recheado com carne e acompanhado de mostarda escura. O pub O’Malley’s, nos Jardins, oferece o petisco em seu cardápio fixo.

22) HondurasExquisito!

HondurasSH

O movimentadíssimo barzinho do Baixo Augusta serve as hondurenhas tortillas baleadas como petisco, que vêm recheadas com pasta de feijão e queijo derretido.

23) InglaterraFichips

InglaterraSH

Prato típico da Inglaterra e tradicionalmente servido em papel de jornal, o fish and chips (porção de batata e peixe, ambos fritos) está presente nas ruas de São Paulo. O food truck Fichips pode ser encontrado nos bairros de Perdizes e da Lapa.

Falamos dele aqui.

24) IrãAmigo do Rei

IrãSH

Embora faça fronteira com países árabes, a culinária do Irã em nada se parece com a de seus vizinhos. A chef Nasrin Haddad, do Amigo do Rei, prepara em sua casa refeições para grupos de duas a sete pessoas. Entre os pratos está o shikampareh, berinjelas com carne moída, alho e especiarias.

25) ItáliaC… que sabe

ItáliaSH

Não faltam boas cantinas italianas em São Paulo, mas a C…que sabe, no bairro do Bixiga, ganha o destaque no quesito animação. Inaugurada por uma família de imigrantes na década de 30, tudo nessa cantina transborda felicidade e aconchego: a decoração repleta de fotos antigas, fitinhas e bandeirinhas, os boleros e as tarantelas cantados de mesa em mesa pelos tenores e violeiros e, lógico, as massas maravilhosas.

26) JapãoKidoairaku

JapãoSH

Parece que você está entrando na casa de uma verdadeira família japonesa, com a tiazinha que sempre fica sentada numa cama vendo TV e uma estante repleta de mangás. Os especiais do dia são anunciados em papéis colados na parede. Destaque para os teishokus e lamens.

27) MéxicoYucatan

MéxicoSH

Ambiente simples, comida farta e barata como tem que ser nessa tradicional casa mexicana do Itaim. Não pense duas vezes aqui e vá no rodízio, que inclui totopos, taquitos, tacos, quesadillas, burrito e chilli beans.

28) NigériaMercy Green

NigériaSH

Para quem curte comida apimentada, o Mercy Green no centro de SP é um prato cheio. Destaque para a  sopa de pimenta ardente com carne e inhame.

29) PortugalOra Pois

PortugalSH

A simpática casa da Vila Madalena, administrada por três irmãos lisboetas, oferece deliciosas receitas de bacalhau a preço justo, coisa rara em se tratando de comida portuguesa em SP. Daqueles lugares que te fazem sentir em casa e sem vontade de ir embora.

30) RússiaTatini

RússiaSH

O estrogonofe, certamente, é um das iguarias da culinária russa mais apreciadas no mundo.  E o Tatini, por mais que seja um restaurante de origem italiana, é sem dúvida alguma o melhor lugar em SP para comer o prato. Aqui ele é preparado na frente do cliente do jeito que tem que ser: sem catchup, com paprica e flambado no conhaque.

31) SuíçaFlorina

SuíçaSH

Há 18 anos representando a Suíça em São Paulo, o restaurante do Campo Belo tem área externa para o verão e, no frio, recebe os clientes em um jardim de inverno com lareira. Além dos maravilhosos fondues, vale experimentar os peixes.

32) UruguaiEl Tranvia

UruguaiSH

Esta típica churrascaria uruguaia, localizada no bairro de Santa Cecília, já atesta a origem em sua fachada, com uma homenagem a Puerta de la Ciudadela, um dos ícones de Montevideéu. A dica por lá é a costela bovina grelhada com brasa de lenha, temperada com sal fino, acompanhada de preferência de um legítimo tannat.

faixa-selecao-hypeness

Publicidade


Paulo Moura
Jornalista paulistano que adotou o Rio de Janeiro como casa. Possui mais de 15 anos de experiência em comunicação corporativa e é sócio-diretor da Agência VIRTA. Apreciador de cerveja, comida ogra, mar e tudo aquilo que combina ou remete a ele.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Turista posta preço de café e pão de queijo em aeroporto e viraliza