Estilo

Eles também sofrem: projeto desafia homens a se libertarem das amarras do machismo

25 • 07 • 2014 às 05:30
Atualizada em 25 • 07 • 2014 às 11:46
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

A fim de invocar os homens a refletir sobre as formas como o machismo os prejudica, artistas, atores e um grupo de voluntários criaram a campanha “Homens libertem-se”, um projeto que questiona até que ponto o rótulo “seja homem” prejudica a todos indiscriminadamente.

Em parceria com o mo[vi]mento-MG/RJ e o histórico e polêmico grupo de Nova Iorque “The Living Theatre”, a campanha composta por artistas, atores e voluntários, acredita ser possível estimular os homens, independente da sexualidade, a entenderem os estereótipos impostos por uma sociedade sustentada por um sistema patriarcal.

A construção da reflexão do projeto pergunta aos homens até que ponto é saudável você aceitar e se encaixar em um modelo de homem fixo e restritivo. Estes vetos geram uma opressão pouco discutida, por ser mais velada, aceita e neutralizada, mesmo após as inúmeras reflexões do último século em torno dos direitos humanos.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=DBSTHArYJwQ”]

homens-libertem-se

homens-libertem-se-2

homens-libertem-se-3

homens-libertem-se-4

homens-libertem-se-5

homens-libertem-se-6

homens-libertem-se-7

homens-libertem-se-9

“Homens libertem-se” é um movimento para que os homens parem e pensem no quanto são felizes ao optar por estar ou não submetido ao sistema irracional do machismo imposto por uma sociedade que, cada vez mais, está sujeita a aderir a padrões que satisfazem apenas o meio em que se vive.

Para conhecer o manifesto e um pouco mais sobre o projeto, clique aqui.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness