Inspiração

Mulheres turcas respondem com fotos a comentário machista de ministro e fazem sucesso na web

Redação Hypeness - 06/08/2014 | Atualizada em - 18/10/2014

Na última segunda-feira, 28 de julho, o vice-primeiro-ministro da Turquia, Bulent Arinc, fez uma declaração infeliz às mulheres durante um discurso sobre o declínio moral na sociedade turca: “para proteger os valores morais, mulheres turcas não devem sorrir em público”.

Em um país onde a maioria da população é muçulmana, mas o Estado é laico, a afirmação de Bulent Arinc provocou polêmica e fez com que as mulheres se revoltassem com tanto machismo e reagissem de uma única forma: rindo, é claro. Arinc ainda havia afirmado: “uma mulher não deve rir de forma forte em público”. A frase provocou reações de indignação e fez com que as mulheres postassem suas fotos rindo, sorrindo e gargalhando nas redes sociais.

O movimento tomou uma proporção tão grande que acabou indo mais além: junto com os sorrisos femininos, os internautas criaram forças para denunciar a intromissão, cada dia mais flagrante, do regime turco em âmbito privado. “Parem de nos dar lições de moral! Em vez disso, prestem contas sobre o dinheiro que nos roubaram”, disse um usuário do Twitter referindo-se às suspeitas de corrupção contra o primeiro ministro Recep Tayyip Erdogan.

Veja algumas das fotos que tornaram a Timeline dos usuários mais justa e feliz:

mulheres-turcas

Ece Temelkuran, escritora, publicou sua foto no Twitter

mulheres-turcas-2

“Caro Sr. Arnic, eu rio, logo existo” – @Geetanjali, no Twitter

mulheres-turcas-3

“Ha ha ha comece o seu dia com uma risada” – @Sibellgul e amigas turcas no Twitter

mulheres-turcas-4

Mulheres turcas no Twitter

mulheres-turcas-12

Em solidariedade às mulheres turcas, jovens da Indonésia também publicaram fotos de sorriso rasgado.

mulheres-turcas-11

Mãe e filha turcas no protesto online.

mulheres-turcas-10

Mulheres de três gerações rindo da declaração do vice-primeiro-ministro.

mulheres-turcas-6

Jovens no protesto online.

mulheres-turcas-7

Brasileiras em protesto à favor das mulheres turcas.

mulheres-turcas-8

Mulher publica foto com cartaz que diz: “Não sou turca, mas sou mulher. E rio quando quero hahaha”.

mulheres-turcas-9

Mulher escreve no corpo “Mulheres de verdade não riem?”

No ano passado, Bulent Arinc já tinha dado “conselhos” de forma casta, como dita no Alcorão e, às vésperas das eleições presidenciais que acontecem entre 10 e 24 de agosto, o burburinho pode ter efeitos políticos. O candidato da oposição, Ekmeleddin Ihsangolu, principal rival de Erdogan para presidência, também reagiu e escreveu no Twitter: “Precisamos ouvir o riso alegre das mulheres”.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.