Roteiro Hypeness

Roteiro Hypeness: Conheça a marca brasileira que lança 18 novos produtos por semana

por: Paulo Moura

Imagine o que representa para uma marca em termos de pesquisa e desenvolvimento, design e logística lançar 10 modelos de óculos, cinco modelos de relógio e ainda três novos óculos de grau por semana? Pois essa é a saga da brasileiríssima Chilli Beans, uma das empresas mais inovadoras do país, cuja loja conceito, na rua Oscar Freire, em São Paulo, é tema dessa nova edição do Roteiro Hypeness.

RoteiroChilli1

Prestes a lançar sua primeira flagship mundial, em Promenade, Santa Monica, nos Estados Unidos, a Chilli Beans já é uma das maiores marcas de óculos da América Latina, rivalizando cabeça a cabeça com ícones mundiais como Rayban e Oakley.

Sua história começa com um pequeno quiosque na descolada Galeria Ouro Fino na rua Augusta, no ano 2000. Os óculos, então, eram desenhados por Caito Maia e importados da China.

RoteiroChilli2

Fundador e presidente da companhia, Caito conta em entrevista ao Hypeness um pouco mais do início dessa trajetória: “Minha primeira profissão foi a de músico profissional. Inclusive, fui aos Estados Unidos para estudar música, e então surgiu a oportunidade de comprar óculos lá e vender no Brasil. Meus conhecidos e amigos adoraram. Foi quando decidi abandonar minha banda, a Las Chicas Tienen Fuego, e investir na vida de empresário.

RoteiroChilli3

A música, aliás, é um ingrediente bastante presente na fórmula de sucesso da marca que, hoje, além de óculos de sol e de grau e relógios, vende camisetas, bolsas e até mesmo bicicletas, skates, guitarras e chinelos. Caito denomina de “turnê” o roteiro que faz percorrendo os pontos de venda da Chilli Beans por todo o país. À convenção anual da empresa ele chama de “show”.

Isso, sem contar as apresentações em formato pocket organizadas na loja conceito da marca – nesse próximo sábado, 16, quem toca por lá é o músico Curumin, encerrando um bate papo que reunirá os estilistas Alexandre Herchcovitch e Amir Slama e a blogueira Lia Camargo, do Just Lia. “A gente tem uma veia de música que eu transfiro para o negócio”, afirma.

RoteiroChilli4

A loja conceito que ocupa um imóvel de 700 m² na Oscar Freire é uma plataforma de conteúdo e uma vitrine da marca. Na recepção, um totem interativo permite que os clientes selecionem paisagens inusitadas de lugares como Kuwait, Medellín, São Paulo, Lisboa e Los Angeles – todas cidades que têm pontos de venda Chilli Beans, transmitidas em tempo real. Com um clique, o cliente escolhe qual desses será o cenário do painel de LED que está sobre os displays.

RoteiroChilli5

O espaço foi todo planejado para oferecer experiência ao cliente, desde a máquina de customizar óculos, que permite ao consumidor fazer suas armações personalizadas em até 20 minutos, ao caça-níquel que permite ao cliente descartar óculos danificados de qualquer marca e conseguir desconto ou até um novo produto grátis.

Uma das novidades que vem por aí é a adesão ao conceito de omini-chanel, com a opção de compra online dentro do próprio ponto de venda, caso o cliente não ache o produto que quer nas prateleiras.

RoteiroChilli6

Pode se dizer que o modelo de negócios da Chilli Beans serviu de inspiração para muita gente por aí. Em vez de óculos expostos em vitrines, balcões de auto-atendimento. No lugar de produtos de marcas diversas, apenas uma marca própria. Em vez de duas ou três coleções por ano, pequenas tiragens e óculos novos na prateleira a cada semana. E no lugar de espelhos, um sistema de câmeras e monitores capazes de filmar o rosto do cliente e exibi-lo em ângulos distintos para que ele aprecie melhor o modelo de óculos que está provando.

“Inovação é assim: tem que pensar nisso e ter gente pensando nisso, o tempo todo!”

RoteiroChilli7

O marketing, como não poderia deixar de ser, é outro componente importante na estratégia. “Já fizemos a montanha russa e uma loja ecológica no Rock in Rio. Montamos um palco para novas bandas no Lollapalooza e óculos gigantes e loja em forma de trailer e palco no FYF (Fuck Yeah Festival), de 2012. Além das ativações em show e eventos, todo ano, promovemos a Superdose Chilli Beans, um evento que reúne a convenção da empresa, mas também música e espetáculo. Já fizemos a Superdose num navio, numa ilha e também num resort para 3 mil pessoas, comenta Caito.

RoteiroChilli8

Outra ação bem bacana da marca é o Art Club, uma plataforma criada em sua fanpage para apresentar o trabalho de pessoas talentosas, a partir do que elas criam com a inspiração no lifestyle da Chilli Beans. Os destaques ganham uma exposição também na galeria do site.

Todas as fotos © Rodrigo Albuquerque

Para ver outros roteiros feitos pelo Hypeness, clique aqui.

Publicidade


Paulo Moura
Jornalista paulistano que adotou o Rio de Janeiro como casa. Possui mais de 15 anos de experiência em comunicação corporativa e é sócio-diretor da Agência VIRTA. Apreciador de cerveja, comida ogra, mar e tudo aquilo que combina ou remete a ele.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Projeto salva restaurantes em dificuldades transformando funcionários em proprietários