Viagem

Aos 14 anos de idade, cachorro viaja o mundo com os donos

Brunella Nunes - 05/09/2014

Existem muitas histórias de viajantes por aí e nós sempre retratamos várias no Nômades Digitais. Com esta não poderia ser diferente, principalmente por se tratar de um cachorro viajante que já esteve em mais de 10 países. O poodle Cerbero viveu somente em Lima, no Peru, até os seus 14 anos de idade, e mesmo sendo um ancião, não deixou de realizar seu sonho e aproveitar a vida mundo afora no último ano.

Uma série de fotos divertida mostra o cãozinho curtindo seus momentos de glória em diversos lugares como Las Vegas, Los Angeles, Barcelona e Itália. Ele andou de trem, de avião, de carro, foi aos cassinos de Vegas, nadou em águas termais, curtiu uma praia e tudo mais o que se pode imaginar. Toda essa experiência “pé na estrada” é contada no blog Cerbero On the Road.

Confira algumas fotos bacanas desse cão bon vivant que agora tem uma verdadeira história nômade:

Tulum, México

tulummmmm

tulum2

Holbox, México

mx

cerbero6

acp

Acapulco, México

cerbero21

Chapultepec, Cidade do México

cerbero17

Barcelona, Espanha

cerbero30

Milão, Itália

cerbero5

Florença, Itália

cerbero2

Saturnia, Itália

cerbero26

Turín, Itália

cerbero19

Las Vegas, Estados Unidos

cerbero13

cerbero12

cerbero11

Los Angeles, Estados Unidos

cerbero10

Nova York, Estados Unidos

cerbero15

cerbero3

São Francisco, Estados Unidos

cerbero22

Dusseldorf, Alemanha

cerbero25

cerbero24

Monte Carlo, Mônaco

cerbero28

cerbero27

cerbero18

Piran, Eslovênia

cerbero23

Paris, França

cerbero

Nimes, França

nimes

cerbero20

No avião, rumo a algum lugar

cerbero4

Todas as fotos © Cerbero on The Road

Publicidade


Brunella Nunes
Jornalista por completo e absoluto amor a causa, Brunella vive em São Paulo, essa cidade louca que é palco de boa parte de suas histórias. Tem paixão e formação em artes, além de se interessar por ciência, tecnologia, sustentabilidade e outras cositas más. Escreve sobre inovação, cultura, viagem, comportamento e o que mais der na telha.