Inovação

Aquanatuas ficam 2 semanas no fundo do mar em laboratório submarino

por: Redação Hypeness

Você já pensou como seria passar duas semanas no fundo do mar? Não estamos falando de personagens como Bob Esponja ou Ariel, mas de cientistas, conhecidos como aquanautas, que passam dias em um módulo submarino para realizar experimentos e pesquisas.

Localizado na costa da Flórida (EUA), a 18 metros da superfície, o Medina Aquarius Program é um espaço destinado ao estudo do mar e de tecnologias oceânicas. Formado por um laboratório submarino, um espaço de sobrevivência (uma verdadeira casa para os aquanautas) e de um centro de apoio, o complexo já conduziu mais de 120 missões desde seu lançamento, em 1993.

Pesquisas sobre corais, alterações no clima global e sobre a saúde dos oceanos, essenciais para a pauta da ciência hoje, já foram feitas por lá. Se durante um mergulho comum é possível ficar até uma hora submerso, o trabalho no complexo permite até 9 horas diárias de mergulho nos arredores do aquário. Com isso, um trabalho que levaria dois anos para ser feito pode ser finalizado em duas semanas.

O vídeo abaixo tem cerca de quatro minutos, mas é o suficiente para entendermos um pouco mais como é a vida no Medina Aquarius Program e como é dormir e acordar com o oceano inteiro na sua janela.

AquanautasE3

aquanauta1

AquanautasE4

AquanautasE2

AquanautasE1

aquanauta2

aquanauta4

aquanauta5

aquanauta6

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Hambúrguer vegetal vende 6 vezes mais que o esperado e Seara anuncia linha completa