Inovação

Conheça os parklets: as extensões temporárias que promovem uma renovação dos espaços públicos

por: Redação Hypeness

Você já deve ter se deparado com algum deles por aí e ficado, no mínimo, curioso. Os Parklets são intervenções urbanas temporárias que promovem o uso do espaço público, chamados também de “vaga viva”. Visando a melhoria da infraestrutura da cidade e o convívio entre as pessoas, as extensões são normalmente feitas de madeira e equipadas com bancos para a população descansar, ler ou conversar com os amigos, sendo que muitas delas ainda contam com áreas verdes e vagas para bicicletas.

Estacionados na beira da calçada, os parklets têm virado febre no mundo todo, pelo bem da nação, e inclusive já estão espalhados por São Paulo, onde surgiu o primeiro modelo do Brasil, em 2012. Durante a Virada Sustentável deste ano, encontramos um espaço bem bacana no Largo da Batata, que também funcionou por meio de ocupação urbana:

parklet-batata

No último mês de agosto, foi instalado o sexto parklet da capital, no bairro Paraíso, pelo Instituto Mobilidade Verde. Em duas vagas de estacionamento para carros na via pública, onde podem parar, em média, 40 veículos por dia, transitam em torno de 400 pessoas diariamente, que irão usufruir do espaço convidativo.

A humanização e discussão pela melhoria da qualidade de vida são os itens que permeiam a criação das extensões temporárias, tanto que as ações também contam com a participação popular, permitindo à comunidade construir seu próprio espaço de convívio, de acordo com as características locais, melhorando a paisagem urbana e transformando a vida dos que ali transitam diariamente.

parklet7

No site da Gestão Urbana, da Prefeitura de São Paulo, você encontra um manual de implementação, um infográfico e em breve será lançado um um mapa interativo com os parklets da cidade, o qual a própria população poderá manter atualizado com novidades e manutenção.

O primeiro modelo do mundo foi feito em São Francisco, através do projeto da ítalo-brasileira Suzi Bolognese, em 2003, que valeu à, na época, recém-graduada designer o prêmio de “Green Innovative Design“. As vagas vivas então começaram a se espalhar por inúmeras outras cidades do mundo, como Fortaleza, Chicago, Los Angeles, Londres e Cidade do Cabo, e o número de iniciativas continua a crescer.

Rua Pe. João Manuel, no Jardins

parklet8

parklet9

Rua Amauri, no Itaim

parklet5

parklet18

Rua Maria Antônia, na Consolação

parklet10

Rua Coronel Oscar Porto, na Paraíso

parklet3

Chicago, EUA

parklet13

Vancouver, Canadá 

parklet11

Cidade do Cabo, África do Sul

parklet14

parklet16

Outras cidades

 

parklet12

parklet4

parklet6

*Este post é um oferecimento da Heineken open your world.

Todas as fotos via Instituto Mobilidade Verde, Archrecord, Wikipedia, Nacto, Chocolaterie de la Nouvelle France e Creative Cape Town

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Drake entra no mercado de maconha e adquire 60% de marca que produzirá cannabis