Inovação

A era dos carros que dispensam motorista pode chegar antes do que imaginamos

por: Redação Hypeness

Você abre a porta do carro e se senta ao volante. Coloca a chave na ignição e dá a partida. Em seguida, relaxa folheando uma revista enquanto o automóvel percorre sozinho o caminho até seu destino. Se depender do Google, essa experiência estará disponível para todos em um futuro bem próximo.

Em 2012, o gigante da web divulgou um vídeo que viralizou bastante, onde testava um modelo de carro que dirigia automaticamente. No vídeo, um senhor deficiente visual conduzia o veículo sem que fosse preciso usar olhos, mãos e pés. Porém, a experiência acontecia em estradas secundárias e ruas suburbanas, com riscos de imprevistos mais controlados.

Agora o Google mandou avisar que o sistema foi aprimorado para detectar uma grande quantidade de objetos simultaneamente. Ou seja, o automóvel sem motorista já está sendo testado para uso no centro de grandes cidades, onde pedestres, ciclistas, ônibus e caminhões de entrega são uma constante.

Mas como o carro do Google evita acidentes? São vários dispositivos instalados nele e interconectados por programação. Uma câmera no para-brisa dianteiro detecta obstáculos, lê placas e capta as luzes do tráfego. No teto do carro, um sensor giratório a laser mapeia em 3D um raio de 60 metros ao redor. Na roda, outro sensor rastreia o movimento do veículo, ajudando a determinar sua localização mais precisamente. Por fim, quatro radares são embutidos nas partes dianteira e traseira para gerar um retrato mais completo do ambiente.

No vídeo abaixo eles dão uma geral sobre os testes mais recentes, realizados na cidade de Mountain View, na Califórnia:

googlecar08
Foto via

googlecar07
Foto: Reprodução YouTube 

googlecar19
Foto via

googlecar02
Foto via

googlecar03
Foto via

googlecar15
Foto via

googlecar17
Foto via

googlecar18
Foto via

googlecar01
Foto via

googlecar10
Foto © Michael Halberstadt via

googlecar12
Foto via

Em princípio, a inovação pode contribuir para reduzir acidentes e também para atender necessidades de deslocamento de idosos, deficientes visuais e físicos. Mas, se quiser ir além, dá para imaginar um futuro onde é possível mandar o carro buscar as crianças na escola, ou deixá-lo esperando enquanto você se diverte na balada.

Veja aqui uma matéria sobre o primeiro carro totalmente impresso em 3D.

Imagem Topo: Reprodução YouTube

*Esse post é um oferecimento de “LG WebOS“.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Levi’s aposta em maconha para produzir sua nova linha de roupas sustentáveis