Inovação

Fotógrafa cria série sensível para homenagear os filhos que nunca pode ter

por: Redação Hypeness

“Eu não fui chamada para ser mãe / todos os anos que eu poderia ter sido. / Agora existe ele / e em seus olhos eu vejo / as crianças que eu nunca tive. / O calendário se transforma em / uma batalha de vontades / perdoe-me, amor, / meu corpo venceu. / Quietos, / nós lamentamos / os bebês que sangrei.

Kerry Payne perdeu na batalha contra a infertilidade. Apesar de querer, mais que tudo, um filho em seu ventre, o corpo negou. Durante o um ano em que fez tratamento para engravidar, lutou bravamente nos ciclos de 28 dias e registrou cada derrota, cada sonho e cada esperança, de janeiro a dezembro.

Na série The Children (I Never Had), “Os Filhos (Que Nunca Tive)”, em português, ela mostra de forma sensível todas as vezes que o tratamento deu errado. Em cada mês, uma foto do sangue menstrual contrasta com uma foto da criança que poderia ter sido sua. É a perda em seu nível mais cruel. É a arte sensível que acalenta a dor.

filho8

filho9

filho5filho12

filho4

filho6

filho7filho11

filho1

filho2filho3

filho10

Todas as fotos © Kerry Payne

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
19 vezes que a tecnologia e a inovação melhoraram a vida de quem realmente precisa