Viagem

Imagens extraordinárias mostram vilarejo que passou 25 anos submerso

por: Vicente Carvalho

Na década de 20, o vilarejo de Epecuén, na Argentina, era um disputado destino turístico de 1,5 mil moradores, que recebia a cada temporada cerca de 20 mil pessoas. O vilarejo se tornou uma grande atração por conta de um lago que possuía 10 vezes mais sal do que a água do oceano.

Devastado por uma ocorrência climática incomum, conhecida como seiche, que atingiu uma barragem e resultou na inundação de toda a cidade, em 1985. Epecuén nunca mais foi o mesmo, mas recentemente, após mais de duas décadas, suas águas recuaram.

E o cenário que se mostrou depois que as águas baixaram é parecido com os dos filmes de catástrofes e fim do mundo. Aos poucos, o vilarejo tem se reconstruído e transformado novamente em destino turístico para aqueles que querem vivenciar uma experiência excêntrica e fora do comum.

Veja algumas das extraordinárias fotos do cenário apocalíptico que se criou nesse vilarejo argentino:

2

3

4

5

6

7

vilasubmersa1ap

vilasubmersa2ap

vilasubmersa4ap

vilasubmersa5ap

vilasubmersa6ap

vilasubmersa7ap

vilasubmersa8ap

vilasubmersa9ap

vilasubmersa12ap

Todas as fotos © AP e Romain Veillon

Publicidade


Vicente Carvalho
Em busca da terra do nunca.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Temporada de avistamento de baleias começa em agosto em SC