Inspiração

Menino de 8 anos cria forma de alimentar crianças carentes do seu bairro durante um ano inteiro

por: Vicente Carvalho

William Winslow tem 8 anos, e mesmo com a tenra idade já mostrou ser uma pessoa excepcional. Enquanto a maioria das crianças passa seu tempo livre brincando, este estudante da A.B. Combs Elementary School, em Raleigh, Carolina do Norte, EUA, tem um hobby mais filantrópico: ele luta contra a fome infantil em sua comunidade.

Tudo começou quando William ouviu falar dos “BackPack Buddies”, (algo como “Os Colegas de Mochilão”), um programa voltado para combate à fome de crianças. Os dados e informações sobre o problema de insegurança alimentar em sua comunidade o deixaram impressionado, o que resultou em um pedido aos amigos para trazer doações para o programa, ao invés de presentes, em sua festa de sete anos.

A partir desse primeiro ato, surgiu então a “William’s Food Drive”, como ele chama, uma carrinha que angaria comida e que, em sua primeira edição, em fevereiro de 2013, levantou US $305 e 1.400 quilos de alimentos.

Este ano, o menino foi mais ousado e quis expandir seu programa, contando com a parceria de quatro mercearias e um restaurante local. Com a ajuda de seus pais e cerca de 50 voluntários, William reuniu 3.335 quilos de alimentos e mais de US $3 mil em doações. O suficiente para manter, pelo menos, 16 crianças alimentadas por um ano inteiro.

garoto-alimento-2

garoto-alimento-3

garoto-alimento-4

IMG_0018

IMG_0029

IMG_0035

IMG_2724

IMG_2725

IMG_7591

IMG_7606

IMG_7613

original

William é tão dedicado que conseguiu ajudar a desenvolver um vídeo com uma pequena animação, para convidar as pessoas a ajudar. O objetivo de William é não ficar pelo bairro e ajudar um pouco por todo mundo.

Vale a pena ver:

Todas as fotos © The Food Drive Kid

Publicidade


Vicente Carvalho
Em busca da terra do nunca.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Eles se mudaram para ilha sem veterinário e adotaram cachorros com problemas de saúde