Viagem

17 jardins imperdíveis ao redor do mundo para curtir a primavera

por: Brunella Nunes

Ah, a Primavera, época em que o colorido das flores toma conta do mundo. A natureza por si só já nos emociona, mas os jardins, moldados para serem especialmente belos, impressionantes, magníficos, nos trazem um encantamento único, como se estivéssemos num parque de diversões sem que haja brinquedo algum para se divertir.

Em sua maioria muito antigos, os jardins botânicos são espaços dedicados não somente às flores e plantas, mas à preservação e estudo de diversas espécies que um dia podem não mais existir, então é bom aproveitarmos a sorte e a energia boa de se caminhar por eles. Cada cidade reúne seu arquivo botânico nos espaços mais incríveis e bem cuidados, beirando a perfeição. Parece que nada está fora do lugar entre as mais diversas espécies, estilos e formas.

Para admirá-los ainda mais, apresentamos uma lista com 17 jardins imperdíveis pra você curtir ao redor do mundo, respirar ar puro e absorver toda a beleza da natureza. Olha só:

1. Suan Nong Nooch, na Tailândia

Aberto desde 1980, o Nong Nooch é formado por muitos jardins belíssimos, possui a maior variedade de Palmeiras e Cicadáceas do mundo, e ainda presenteia os visitantes com uma grande seleção de orquídeas. Alguns shows interessantes também vão tirar seu fôlego.

thai3Foto via

2. Paseo del Rosedal, na Argentina

Dentro do Parque Três de Fevereiro, no charmoso bairro Palermo, está o El Rosedal, uma das áreas mais lindas da cidade. São 18 mil roseiras de espécies diferentes espalhadas por diversos caminhos, um lago onde você pode alugar barcos e fazer uma passeio pra lá de romântico, além de diversas esculturas em formato de bustos que homenageiam poetas e escritores, como William Shakespeare e Dante Alighieri.

rsedalFoto via

3. Kew Gardens, em Londres

O impressionante jardim de 326 acres foi desenvolvido em 1759 pela princesa Augusta, mãe do rei George III. Dividido por temas, reúne mais de 50 mil espécies de plantas, a serem admiradas durante um dia todo de passeio. Um dos edifícios mais famosos lá dentro é a Pagoda, um refúgio ao estilo oriental.

Kew Gardens, LondonFoto via

4. Keukenhof Gardens, na Holanda

Keukenhof possui uma das mais belas primaveras do mundo. Em aproximadamente 32 hectares estão espalhadas impressionantes e coloridas 7 milhões de tulipas, flores típicas da região, narcisos e jacintos. O local possui ainda uma variedade de restaurantes e cafés, para você se deliciar ainda mais, e depois sugerimos que faça um tour de bike ou de barco pelo jardim.

keukenhof-gardens-the-netherlandsFoto via

5. Dubai Miracle Garden

Claro que Dubai não poderia deixar a extravagância de lado. O “jardim milagroso” reúne mais de 45 milhões de flores, espalhadas entre esculturas de estrela, corações e outros formatos. A quantidade monstruosa de flores é hidratada durante todo o ano com um sistema de irrigação que reaproveita água. Simplesmente surreal!

6. Butchart Gardens, no Canadá

O que começou como um pequeno jardim em volta da casa de Robert Pim Butchart, se expandiu maravilhosamente. Consolidado como atração turística, o jardim reúne mais de 700 espécies e mais de um milhão de plantas que florescem durante todo o ano.

ButchartGardenFoto via

7. Desert Botanical Gardens, no Estados Unidos

As flores do deserto também tem sua beleza e no Arizona é possível encontrar uma das coleções mais fantásticas delas. Entre 17 mil espécies de plantas espalhadas, o jardim botânico possui uma estrutura de peso para dedicar-se somente às plantas do deserto, com um centro de pesquisa de 13.700 metros quadrados, uma livraria, laboratórios, área de conservação e pesquisa. É pra sair de lá entendendo tudo sobre elas!

Desert-Botanical-Garden-PhoenixFoto via

8. Jardim Majorelle, no Marrocos

O Marrocos tem mil encantos e entre eles está o fantástico Jardim Majorelle. Uma casa de cor azul intenso e arquitetura antiga se destaca em meio ao verde das plantas, formando um ambiente encantador e bucólico. Criado por Jacques Majorelle nos anos 1920, o jardim foi comprado pelo renomado estilista Yves Saint Laurent, reforçando ainda mais seu bom gosto estético e artístico.

majorelleFoto via

9. Jardim Botânico de Berlin

Com 43 hectares de extensão, 16 estufas e 20 mil plantas vindas dos cincos continentes, o jardim de Berlin é um dos mais importantes da Europa. Com área para plantas aquáticas e de pântano entre seus diferenciais, o mais importante é, porém, um jardim onde os visitantes podem interagir com o arredor, pensado especialmente para os deficientes visuais, que podem tocar e cheirar as plantas.

berlin-botanic-gardens

10. Atlanta Botanical Garden, no Estados Unidos

Flores e cores se apresentam no meio da cidade de Atlanta, entre estufas tropicais e diferentes espécies de orquídeas. Mas, o que chama ainda mais a atenção são as enormes esculturas botânicas criadas pelo International Mosaiculture of Montreal, organização não governamental dedicada a mosaicultura. Uma das mais chamativas é a Earth Goddess (Deusa da Terra), escultura que mostra uma mulher com sete metros de altura que tem em suas mãos uma queda d’água. Impressionante.

atlanta-botanical-gardens_originalFoto via

11. Jardim Botânico de Curitiba e do Rio de Janeiro, no Brasil

Reconhecido mundialmente, o Jardim Botânico de Curitiba é a maior atração turística da cidade, ocupando 240 mil metros quadrados. Fontes, lagos e muitas flores podem ser encontrados no jardim ao estilo francês.

curitibaFoto via

Já no Rio de Janeiro, são 137 alqueires com 8 mil tipos de plantas e flores nacionais, estufas, orquidário e bromeliário. Na área ainda estão dois museus, um centro de pesquisas, parquinho para as crianças e área para piquenique.

rio de janeiroFoto via

12. Na ‘Āina Kai Botanical Garden, no Havaí

Quem disse que o Havaí é só praia? A área verde de 240 acres não nos deixa mentir que seu jardim botânico é riquíssimo, além de possuir uma das maiores coleções de esculturas de bronze do Estados Unidos, possui uma fazenda que promove a horticultura, agricultura e engenharia florestal.

HavaiFoto via

13. Koishikawa Korakuen Gardens, no Japão

Imagina que no meio da cosmopolita Tóquio haveria uma mancha verde de enorme valor. O jardim, desenhado por membros do clã Tokugawa no século XVII, será renovado a partir de 2015, mas enquanto isso dá pra curtir o cenário avermelhado do outono, entre o final de novembro e início de dezembro. Se sua ideia é ver as cerejeiras florescendo, o ideal é entre março e abril.

japao2Foto via

 

14. Kirstenbosch National Botanical Garden, na África do Sul

Cercado de plantas nativas, o local reúne mais de 7 mil espécies de plantas numa área de 36 hectares de jardim entre os 500 hectares de fronteira. Finbos, proteas e cicadáceas são algumas das plantas a serem admiradas no paraíso da flora sul africana, por onde turistas fazem agradáveis passeios a pé.

cape townFoto via

15. Montreal Botanical Garden, no Canadá

Tido como um oásis no coração de Montreal, o jardim botânico reúne mais de 30 esculturas impressionantes. Algumas áreas chamam a atenção, como uma dedicada às plantas carnívoras e venenosas, além de um insetário. No outono, o jardim chinês recebe apresentações de músicas regionais durante à noite. O passeio é imperdível.

MontrealFoto via

 

16. Villa d’Este, na Itália

Classificado como Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, o palácio italiano chama atenção por conta de sua arquitetura e jardim magnífico na cidade de Tivoli, próxima a Roma. Um charme aparte é o Rio Aniene, que fica dentro da propriedade.

villadesteFoto via

 

17. Jardim de Versailles, na França

Um dos mais famosos do mundo, o jardim francês foi fundado em 1661 pelo rei Luís XVI, que em meio ao seu status e luxúria contratou s melhores pintores, arquitetos e paisagistas para criar seu melhor projeto, o Chateau de Versailles e os incríveis jardins que ocupam 800 hectares.

Versailles

Foto via

Publicidade


Brunella Nunes
Jornalista por completo e absoluto amor a causa, Brunella vive em São Paulo, essa cidade louca que é palco de boa parte de suas histórias. Tem paixão e formação em artes, além de se interessar por ciência, tecnologia, sustentabilidade e outras cositas más. Escreve sobre inovação, cultura, viagem, comportamento e o que mais der na telha.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Comissários de bordo dão dicas para ter mais chances de conseguir upgrade para 1ª classe