Arte

Conheça as várias faces da arte de rua de D*Face

por: Redação Hypeness

Arte underground, arte urbana, street art, pop art. Alguns artistas são tão prolíficos e cruzam tantas fronteiras entre estilos e escolas que fica difícil classificar seus trabalhos utilizando os termos habituais. É esse o caso de Dean Stockton, mais conhecido como D*Face.
D*Face cresceu em Londres e sempre esteve envolvido com o universo do skate, grafitti e punk rock. Depois de frequentar cursos de ilustração e design, começou a trabalhar como freelancer nesse setor. Ao mesmo tempo, saía pelas ruas da capital inglesa para aprimorar sua arte em paredes e tapumes.

Produzindo em grande quantidade e sempre experimentando novos meios e técnicas, D*Face criou uma família de personagens disfuncionais que satirizam o universo ao redor. Sua arte provoca o público a refletir sobre comportamentos viciados da vida contemporânea, como o culto às celebridades e o consumismo. Nesse processo, ícones da cultura pop são subvertidos em lambe-lambes, stickers, stencils e esculturas.

Em 2005, o artista fez sua primeira exposição em galerias, na StolenSpace de Londres. A partir daí, o trabalho de D*Face ganhou o mundo, decorando ruas de Los Angeles, Nova York, Tóquio, Melbourne, e chegando a estampar a capa de um disco da popstar Christina Aguilera.

Conheça mais dos vários estilos de Dean Stockton, o D*Face:

dface03

dface21

dface37

dface09

dface32

dface25

dface20

dface27

dface28

dface08

dface24

dface23

dface14

dface18

dface29

dface33

dface31

dface38

dface40

dface04

Veja aqui as 10 melhores cidades do mundo para quem gosta de street art.

Todas as fotos © D*Face

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Regina King arrasa como 1ª diretora negra com filme no ‘Festival de Veneza’