Estilo

As 8 melhores cidades da Europa para quem curte baladas

por: Redação Hypeness

Fazer um mochilão pela Europa é uma das experiências mais incríveis que um apaixonado por viagens pode ter. Mas nem só de museu e igreja se faz o continente: as festas e baladas europeias, principalmente durante o verão, são parada obrigatória. Das tradicionais pistas eletrônicas de Berlim às incríveis festas à beira-mar na Grécia, conheça as oito melhores cidades da Europa para quem gosta de uma boa balada.

1. Barcelona, Espanha

Em Barcelona, janta-se à meia noite, festa-se até o amanhecer e dorme-se até o meio dia. A programação das baladas é intensa, todos os dias da semana, e há opções para todos os gostos e bolsos. Embora as casas variem de época para época, há alguma boates que são sempre uma boa pedida, como a Sala Apolo e a Sutton, a favorita dos famosos. Na dúvida, a área conhecida como Barceloneta oferece várias opções logo em frente à praia.

Além das baladas, Barcelona recebe eventos como o Piknic Electronik, um piquenique a céu aberto que reúne música eletrônica, gastronomia e brincadeiras para crianças e adultos – saiba mais aqui.

barcelona5

Foto © Shôko

barcelona4

barcelona3

Foto © Sutton

barcelona2

Foto © Opium

barcelona1

Foto © Sala Apolo

2. Ios, Grécia

A ilha de Ios é uma das mais famosas da Grécia, principalmente no que diz respeito à vida noturna. Pessoas de todas as partes do mundo vão a Ios para curtir uma experiência de balada sem limites. A ilha é cheia de bares e casas noturnas, que ficam concentrados na região central, conhecida como Chrora. A festa geralmente começa à tarde, na praia, e se estende até o amanhecer nos clubes da cidade. Quem diz que Ibiza é a melhor ilha do mundo para quem gosta de baladas é porque ainda não conhece Ios!

ios1

Foto © Societe Perrier

ios2

Foto © Nomadic Matt

ios3

Foto © World Travel List

ios4

Foto © IosGreeceIsland.com

ios5

Foto © GoPix

3. Berlim, Alemanha

Uma coisa que os alemães fazem tão bem quanto cerveja é balada. Em Berlim, um dos berços da música eletrônica, você tem a chance de curtir algumas das melhores baladas do mundo – no quesito música, estilo e público. É lá, por exemplo, que fica a Berghain, um clube que pode ser difícil de entrar, mas cuja experiência de festa é única – saiba mais sobre ele aqui.

No verão, a dica é visitar o Club der Visionaere, um descolado bar que fica à beira do Spree. Na dúvida, procure por regiões como a Oranienburger Strasse, a Hackescher Markt e a Friedrichshain, em que bares e pubs garantem o começo de uma noite que, com certeza, será incrível.

club-der-visionaere4

Foto © Club der Visionaere

berghain1

Foto © Stefan Hoederath/Berghain

berlim1

Foto © Winfried Veil/Watergate

Nightlife in a street in Kreuzberg, Berlin, Germany

Foto © Alamy

berlim3

Foto © Terry Newman

4. Amsterdã, Holanda

Assim que anoitece em Amsterdã, é hora de aproveitar a festa que acontece em cada bar e clube da cidade. Intensa, a vida noturna se estende pelas regiões do Joordan, assim como Leidseplein e Rembrandt. Os bares e coffee shops são uma ótima forma de começar a noite, que deve acabar só de manhãzinha, em alguma charmosa casa norturna, como a Escape e ou a Paradiso.

amsterdam1

amsterdam2

LONDON_CALLING_AMSTERDAM_2009

Foto © Travel Europe

G

Foto © Escape

amsterdam6

Foto © Studio80

5. Copenhagen, Dinamarca

Se você precisa de uma só prova de que os dinamarqueses sabem festar é a existência dos “morning bars“, bares que só abrem a partir das 3 manhã e fecham às 10h. Outro ponto curioso são bares que se transformam em baladas com o passar das horas. Sim, o que parece ser um barzinho tranquilo com jazz e lounge se revela uma grande balada eletrônica no fim da noite – falando nisso, você sabia que o jazz é um dos estilos musicais favoritos na capital dinamarquesa?

copenhagen1

Foto © Dunkel Bar

copenhagen2

Foto © Club Christopher

copenhagen3

Foto © Embark

copenhagen4

Foto © Culture Club

copenhagen5

Foto © Rust Club

6. Praga, República Tcheca

Praga é um dos pontos mais agitados para quem está atrás de boas baladas na Europa. O charme da maioria das baladas é o ambientes com cara de abandonado, como a Roxy, criada onde era um antigo cinema. É também em Praga que fica a Karlovy Lázne, balada considerada uma das maiores da Europa Central e que tem nada menos que 5 andares – lembra a boate do filme Triplo X 3, com o Vin Diesel? É lá!

praga1

praga2

praga3

Foto © Karlovy Lázne

praga4

praga5

Foto © Expats

7. Cracóvia, Polônia

Bebida, hostels e entradas a precinhos camaradas levam uma multidão de mochileiros e estudantes à noite de Cracóvia, na Polônia. Pub crawls, grupos de vão de bar em bar experimentando drinks, e sessões de shots são uma boa pedida para começar a noite. Nas baladas, o enérgico público dança ao som de música eletrônica e a festa não tem hora para acabar. Cracóvia tem se mostrado um belo destino para quem quer gosta de festa mas não quer extrapolar o orçamento.

cracovia1

Foto © In Your Pocket

krakow2

Foto © AnnaSpies

cracow3

Foto © Local Life

cracovia6

Foto © Crocon

8. Budapeste, Hungria

Assim como em Cracóvia, Budapeste também oferece bons preços para quem quer se divertir sem gastar muito. Na cidade, o destaque da noite fica por conta dos chamados “ruin bars“, bares instalados em prédios abandonados ou terrenos baldios que contam com deração vintage, no melhor estilo brechó. O Szimpla Kert, primeiro dos ruin bars, é um ótimo lugar para dar um start na noite. Alguns deles, como o Fogashás, funcionam como bar e balada.

budapeste1

budapeste2

budapeste3

Foto © Szimpla Kert

budapeste4

budapeste5

Foto © Club Trafiq

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Primeira menina negra da ‘Turma da Mônica’ inspira coleção criada pela Lab Fantasma