Inovação

Robô simpático promete ser o primeiro assistente pessoal de famílias

Redação Hypeness - 08/12/2014

O uso de robôs domésticos é corriqueiro na ficção, como já vimos no filme “Eu, Robô” e no clássico desenho Os Jetsons. Mas o que parecia pertencer apenas ao mundo da imaginação se tornou realidade graças a um time de pesquisadores do MIT, nos EUA. Eles criaram o Jibo, um robô inteligente que funciona como um assistente, realizando tarefas que vão desde entregar mensagens e realizar videoconferências a contar histórias infantis e tirar fotos.

Com 28 cm de altura e pesando 2,7 kg, o Jibo se parece com uma pequena luminária – ou para quem assistiu à animação “Wall-E”, Eva. Sua face, que gira em 360 graus, traz uma tela touchscreen de alta resolução, câmeras com detecção facial, microfone e alto-falante. Capaz de se conectar a smartphones e computadores via Wi-Fi e Bluetooth, o robô funcionará com uma série de aplicativos. Por ter um sistema aberto, desenvolvedores poderão criar softwares específicos para o Jibo e as possibilidades de uso serão, literalmente, infinitas.

O Jibo foi financiado coletivamente via IndieGoGo e está em seu primeiro estágio de produção. Espera-se que as primeiras unidades sejam entregues já no final de 2015. Entenda melhor como ele funciona:

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=3N1Q8oFpX1Y”]

jibo1

jibo2

jibo3

jibo4

jibo5

Todas as fotos © Jibo

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Jay-Z é crucial no avanço da legalização da maconha nos EUA