Viagem

6 formas incomuns de cumprimentar as pessoas ao redor do mundo

por: Redação Hypeness

Já imaginou chegar num país e esfregar seu nariz com o de alguém só pra falar “oi”? E mostrar a língua? Ao redor das culturas desse mundo nos deparamos com as mais diversas formas de se cumprimentar as pessoas, seguindo tradições que são respeitadas até os dias de hoje.

Enquanto no Brasil nós utilizamos desde apenas o modo verbal até três beijinhos no rosto, a forma de se cumprimentar alguém tem muito a ver com intimidade, situação ou até mesmo humor. Em alguns cantos do mundo, são formas de respeito àqueles que os recebem e às tradições enraizadas, o que acaba sendo bem diferente do beijo ou aperto de mão.

Confira abaixo seis formas incomuns de dizer um “oi”:

1. Nova Zelândia

Seguindo tradições Maori, o cumprimento neozelandês é chamado de hongi. No caso, duas pessoas encostam suas testas e esfregam, ou apenas tocam, a ponta dos narizes juntas. O ato é conhecido como “respiro de vida” e acredita-se que tenha vindo dos deuses.

nz
Foto via newzealand

2. Tibete

Não estranhe se monges tibetanos te mostrarem a língua. A tradição teve início no século nove, por conta do rei Lang Darma, conhecido por sua língua preta.  Com medo de sua reencarnação, pessoas passaram a esticar a língua pra fora na hora do cumprimento com o intuito de mostrar que não são más. Além disso, alguns também colocam suas palmas para baixo, na frente do peito.

tibet
Foto via guff

3. Tuvalu

Um pouco parecido com o brasileiro, o cumprimento em Tuvalu, na Polinésia, consiste em encostar uma bochecha na outra e em seguida dar um cheiro profundo no pescoço. Então respira fundo e vai sem medo!

tuvalu
Foto via Mashable

4. Mongólia

Sempre que uma pessoa é recebida em casa, os mongóis a presenteiam com o hada, uma faixa azul de seda e algodão. O convidado, por sua vez, deve esticar a tira e curvar-se suavemente para frente com o apoio de ambas as mãos em quem lhe deu o presente.

mongolia
Foto via Seth Garben

5. Filipinas

Em sinal de respeito, os jovens filipinos devem saudar os mais velhos segurando sua mão direita, curvando-se suavemente para a frente, tendo que encostar os dedos da idosa ou idoso na testa. O ato vem acompanhado da frase mano po.

filipinas
Foto via Josias Villegas

6. Gronelândia

Um típico cumprimento de avó, na Gronelândia a pessoa deve pressionar parte do nariz e do lábio superior sob o rosto de alguém, seguido ainda de uma respiração, que poderia ser interpretada como uma cheirada. A saudação, chamada de Kunik, começou com os Inuits, ou esquimós, da Gronelândia.

greenland
Foto via Floyd Davidson

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Fake news: Bill Gates não comprou primeiro iate movido a hidrogênio do mundo – e o barco ainda é só um projeto