Arte

Vídeo mostra a impressionante diferença que o colorista faz num filme

por: Redação Hypeness

Com as câmeras  e televisores cada vez mais modernos, cheios de opções  para que se obtenha a melhor imagem, parece que tudo já é  feito nos mínimos  detalhes para que ninguém  mova um dedo sequer na hora de sentar no sofá. Acontece que sem o trabalho fundamental de um colorista, os filmes, por exemplo, parecem meros rascunhos, sem cores, sem vida. A imagem melhora significativamente com a ajuda deste profissional, responsável por  ajustar perfeitamente as cores de cada cena e, pelas imagens abaixo, você vai notar que isso faz toda a diferença.Com as câmeras  e televisores cada vez mais modernos, cheios de opções  para que se obtenha a melhor imagem, parece que tudo já é  feito nos mínimos  detalhes para que ninguém  mova um dedo sequer na hora de sentar no sofá.

Acontece que sem o trabalho fundamental de um colorista, os filmes, por exemplo, parecem meros rascunhos, sem cores, sem vida. A imagem melhora significantemente com a ajuda deste profissional, responsável por  ajustar perfeitamente as cores de cada cena.

De todos as funções em uma produção cinematógráfica, talvez aquela que esteja mais evidente aos nossos olhos, e por isso mesmo seja frequentemente ignorada pelo público seja a de colorista. Basicamente, o trabalho deste profissional é ajustar com perfeição as cores de cada cena.

Para entender melhor como isso é feito, o estúdio Grade, de Kansas City, criou um vídeo que mostra o colorista Taylre Jones trabalhando na pós-produção do filme independente The House on Pine Street.

Depois de registradas por uma Sony F55 em LOG (formato que captura a imagem para manter os detalhes), cada cena do filme teve sua coloração ajustada de 10 a 15 vezes – o que não aparece explicitamente no vídeo acima. Para quem quiser saber mais, vale dar uma olhada neste post do Reddit.

O pessoal do estúdio Grade, no estado do Kansas, Estados Unidos, resolveu criar um vídeo mostrando esse lado pouco conhecido dos bastidores. Eles acompanharam o trabalho de Taylre Jones durante a pós-produção do filme independente The House on Pine Street, que teve as cenas filmadas com uma Sony F55.

O trabalho de coloração em cada cena foi ajustado de 10 a 15 vezes, ou seja, não dá para dizer que é uma coisa fácil e muito menos que não é essencial, afinal, fica tudo perfeito. Dá uma olhada no vídeo e confira:

Grade1

pinest2

pinest4

pinest5

Grade2

pinest6

pinest3

pinest8

Todas as imagens: Reprodução YouTube

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Por onde anda e como está a sósia mirim de Ana Paula Arósio