Arte

Artista de rua cria projeto para protestar contra cantadas de rua

Redação Hypeness - 23/02/2015

Mexer com uma mulher na rua não é divertido, não é engraçado e não é elogio: trata-se de agressão. Para provocar uma reflexão sobre assunto e deixar claro que as mulheres não gostam de receber cantadas baratas e inconvenientes por aí, a artista norte-americana Tatyana Fazlalizadeh criou o projeto Stop Telling Women to Smile (“Pare de Mandar as Mulheres Sorrirem”, em português).

A artista, conhecida por suas pinturas a óleo, decidiu se aventurar nos muros, colando retratos e dizeres de mulheres que já foram agredidas com essas cantadas na rua. Tatyana reuniu um grupo de mulheres e conversou com elas sobre o fardo que é ter de ouvir gracinhas toda vez que saem de casa, seja para passear, trabalhar, ir para a faculdade ou ao mercado. Em seguida, um retrato de cada uma delas foi tirado e serviu como base para o desenho. “Eu desenho seus retratos e coloco nas ruas, então estou dando um rosto para essas palavras. Não é apenas ‘ei, a sua agressão faz mal’, você consegue ver o rosto dessas mulheres, que passam por isso diariamente“, explicou a artista.

O projeto chegou também à Cidade do México e, após uma campanha de crowdfunding via Kickstarter, deve acontecer em cidades como São Francisco, Miami, Boston, Atlanta e Chicago. Confira alguns dos cartazes:

Stop Telling Women To Smile from  on Vimeo

stop-telling-woman-smile2

stop-telling-woman-smile3

stop-telling-woman-smile4

stop-telling-woman-smile6

stop-telling-woman-smile7

stop-telling-woman-smile8

stop-telling-woman-smile9

stop-telling-woman-smile10

stop-telling-women-smile1

stop-telling-women-smile2

stop-telling-women-smile3

Todas as fotos © Stop Telling Women to Smile

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Aziza: uma editora que só publica autores negros criada por quem entende do mercado