Seleção Hypeness

Seleção Hypeness: 10 lugares para explorar o verde em SP

por: Brunella Nunes

A gente sabe que São Paulo ainda mantém dentro de si uma parte preciosa da Mata Atlântica, mas parece que no dia a dia nos esquecemos completamente dos recursos verdes mais interessantes da nossa cidade. Por que não tirar um tempinho para o explorar nas imediações da capital? Não é preciso ir tão longe assim para estar mais próximo da natureza.

São mais de 70 parques pela cidade, somando um total de 25 milhões de metros quadrados de área verde. Só na Serra da Cantareira são 64 mil hectares, expandidos entre a zona norte e outros três municípios vizinhos. Quem quiser observar a beleza da cidade lá do alto, pode recorrer ao Pico do Jaraguá, o ponto mais alto de São Paulo. Além disso, dá para fazer diversas trilhas e conhecer a vegetação e a fauna que ainda restam na metrópole. 

A variedade de parques é grande, mas por aqui selecionamos 10 lugares onde você pode curtir a natureza e fazer um roteiro diferente do habitual. Olha só:

1. Horto Florestal

Localizado no Tremembé, Zona Norte da capital, ocupa área de 174 hectares com playground, pista de cooper, bicas de água potável, lagos e Museu Florestal, além do antigo Palácio de Verão do Governo do Estado, aberto para visitação.

Horto-Florestal

2. Paranapiacaba

Em Santo André, a vila Paranapiacaba te transfere para outro mundo. Conhecida pelo seu festival de inverno, é um passeio bem diferente nas imediações de São Paulo, com vasto verde, diversas atrações culturais e ecológicas, como o Museu do Castelinho, o Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba e a Casa da Memória. Também dá para agendar diversas trilhas e conhecer cachoeiras.

paranapiacaba

3. Parque Estadual do Jaraguá

Parte da Mata Atlântica se encontra dentro dos 492 hectares do Parque Estadual Jaraguá. Marcado por vales, possui montanhas que chegam a 1.135 metros de altitude, vistas de várias partes da cidade. Nas trilhas, há chances de observar animais como macaco-prego e bicho-preguiça.

jaragua

4. Parque Ecológico do Guarapiranga

Ocupando parte da Represa do Guarapiranga, o parque ecológico também tem remanescentes da Mata Atlântica e é uma importante área de preservação. Se quer um passeio diferente, pode fazer a Trilha da Vida, feita de olhos vendados e pés descalços, com a intenção de estimular o paladar, o olfato, o tato e a audição, de acordo com as orientações de um monitor.

Guarapiranga

5. Parque Estadual da Cantareira

Ao lado do Horto Florestal está o Parque da Cantareira, uma das maiores áreas de mata tropical nativa do mundo dentro de uma região metropolitana. Além de proteger os mananciais da Mata Atlântica, abriga espécies em extinção como a jaguatirica e o gato do mato. É lá também onde fica o Núcleo Pedra Grande, que fica a apenas 10 km em linha reta da Praça da Sé, e tem uma vista incrível.

parquedacantareira

6. Viveiro Manequinho Lopes

Com visitas monitoradas mediante agendamento prévio, o viveiro dentro do Parque do Ibirapuera abre ao público a Estufa 3, onde são cultivadas várias espécies de plantas, como bromélias e orquídeas, pau-brasil e palmito Jussara. as como o pau-brasil e o palmito Jussara.

Manquinho_Lopes_Foto_Serlunar

7. Jardim Botânico

Com estufas, muitas árvores, alguns animais, lagos e trilha, o Jardim Botânico é um lugar tranquilo e bem bonito de se ver. É lá que se marcam as nascentes do riacho Ipiranga, onde é possível fazer uma trilha suspensa de fácil acesso, com três pontos de observação.

jardim botanico

8. Parque da Água Branca

Com aquário, museu geológico, pergolados, bambuzal, trilha do pau-brasil e outros atrativos, o Parque da Água Branca ocupa cerca de 137 mil metros quadrados, sendo que na entrada principal o que chama a atenção é um belo prédio em estilo normando, cercado de verde.

Dezembro 2012 - Parque Água Branca - São Paulo. Foto: Murillo Costantino

9. Jardim da Luz

Com espelhos d’água, gruta com cascata, esculturas e um museu, o Jardim da Luz é um ponto da cidade que não merece ser esquecido. Em frente à Estação da Luz e ao lado da Pinacoteca, o parque tem entre seus atrativos um aquário subterrâneo, que foi descoberto somente há poucos anos atrás e é aberto ao público.

jardim da luz

10. Parque do Carmo

Com viveiro, planetário e ciclovia entre seus atrativos, o Parque do Carmo tem um pedaço de vegetação importante para a cidade, com 242 espécies. Entre eles, possui cafezal, pomar e um bosque de cerejeiras-de-okinawa, que há 35 anos é símbolo da tradicional Festa das Cerejeiras, que celebra o florir da árvore, símbolo da comunidade nipônica.

parque do carmo

Fotos: Divulgação/Prefeitura Municipal de São Paulo e Governo do Estado; com exceção das fotos 6 (via) e 9 (via)

faixa-selecao-hypeness

Publicidade


Brunella Nunes
Jornalista por completo e absoluto amor a causa, Brunella vive em São Paulo, essa cidade louca que é palco de boa parte de suas histórias. Tem paixão e formação em artes, além de se interessar por ciência, tecnologia, sustentabilidade e outras cositas más. Escreve sobre inovação, cultura, viagem, comportamento e o que mais der na telha.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Pessoas em situação de rua viram guias turísticos na Irlanda