Criatividade

Agência cria forma divertida de alertar para o diagnóstico precoce de câncer do cólon

por: Redação Hypeness

Por vergonha, preconceito e por se sentirem constrangidas pelo fato de um “estranho” ter que examinar suas partes íntimas, muitas pessoas deixam de fazer exames médicos de prevenção. Para quebrar esse tabu, um criativo e inteligente anúncio de ônibus foi criado para a Fundação Merdedith’s Miracles Colon Cancer, que trabalha para difundir a conscientização sobre câncer de cólon e reto e para obter ajuda financeira para jovens adultos em tratamento.

O anúncio está rodando os ônibus de Chicago, nos EUA, e mostra a imagem das costas de uma pessoa, com um pedaço do “cofrinho” aparecendo, com a seguinte frase: Ninguém quer ver isso, a não ser o seu médico. O câncer de cólon é o segundo que mais mata, porém, se detectado precocemente, é facilmente curável“.

A campanha se destina a aumentar a consciência para esses problemas e acabar com o medo da relação “paciente x médico” e da vergonha a ela associada. A fotografia colada na cadeira do ônibus chama a atenção, pois usa as técnicas da ilusão de ótica para fazer o espectador acreditar que realmente aquele traseiro é da pessoa que está ali sentada.

No ano passado, 136.830 pessoas foram diagnosticadas com a doença só nos Estados Unidos. No entanto, exames podem ajudar a detectá-la e evitar a propagação.

Confira abaixo as fotos do anúncio realizado pela agência de publicidade FCB Chicago:

publicidade 01

publicidade 02

publicidade 03

publicidade 04

publicidade 05

Todas as imagens: Divulgação

Se você quiser realizar uma doação para a campanha, clique aqui.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Índia: policial usa ‘capacete de coronavírus’ para que pessoas fiquem em casa