Sustentabilidade

A luta para preservar a vida do último rinoceronte-branco presente na natureza

por: Redacao_Hypeness

Publicidade Anuncie

O rinoceronte-branco corre sério risco de extinção. Hoje, existe apenas um macho da espécie na natureza, que pode desaparecer a qualquer momento. Chamado de Sudan, o animal vive no Ol Pejeta Conservancy, no Quênia e é resguardado de perto por um time de guardas florestais.

O problema da espécie está justamente em um de seus maiores atributos de beleza: os cornos, que valem mais de U$ 75 mil (cerca de R$ 230 mil) por quilo no mercado negro. Não é difícil de imaginar que um prêmio deste tamanho atraia muitos caçadores em busca de enriquecimento fácil. A ação humana, e principalmente a caça, é há muito tempo a grande responsável pela extinção de espécies animais (falamos disso neste post).

Mas, se depender dos guardas florestais que você vê nas fotos abaixo, este animal pode dormir tranquilo. Além de Sudan, ainda há 5 fêmeas vivas do rinoceronte-branco, o que faz com que cientistas considerem realizar inseminação artificial ou mesmo cruzar as fêmeas com outras sub-espécies em uma tentativa de preservar a espécie.

rino1

rino2

rino3

rino4

rino5

rino6

rino7

rino8

rino9

rino10

Todas as fotos © Dai Kurokawa/European Press Agency

Publicidade Anuncie


Redacao_Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
MacRebur: empresa que constrói estradas com plástico retirado dos oceanos