Roteiro Hypeness

Fomos até a KidZânia, o parque em SP onde as crianças brincam de diferentes profissões

por: Brunella Nunes

Publicidade Anuncie

Imagine um mundo dominado por crianças, onde são elas mesmas que exercem os papéis de médico, polícia, jornalista e pizzaiolo. Este mundo existe, de certa forma, num parque de diversões em São Paulo, o KidZânia, instalado dentro do shopping Eldorado. O Hypeness foi até lá conferir como é estar num espaço onde adultos podem até entrar; voltar a ser criança, jamais.

Substituindo o Parque da Mônica, que deixa saudades até nos marmanjos, o espaço de 8.500 metros quadrados abriga 75 atrações onde crianças de 4 a 14 anos aprendem a lidar com o dinheiro e simulam profissões as quais gostariam de experimentar. A ideia é fazer com que elas desenvolvam, por meio do universo lúdico, noções de economia e autonomia sobre suas escolhas. “Aqui é um mundo onde elas que mandam e os pais ficam sentados. Existe uma espécie de trabalho, mas sem o peso da função. É divertido para elas experimentarem”, contou Lucio Medina Mattos, gerente de comunicação do parque, enquanto caminhávamos entre mini versões de médicos, bombeiros e carteiros.

KidZania-44

KidZania-15

KidZania-27

KidZania-3

KidZania-8

KidZania-11

KidZania

Aberto no Brasil em dezembro de 2014, o KidZânia está presente em cerca de 15 países, além de estar sendo desenvolvido em outros nove. Ao chegar ao parque, com ingressos que custam 120 reais para as crianças (talvez um dos maiores “contras” do parque) e 50 reais para os adultos, os pequenos recebem 50 KidZos, o dinheiro local. É com esta moeda fictícia que consegue realizar as atividades, afinal, praticamente todas vão custar algum dinheiro. Na porta de cada estabelecimento, uma placa informa o período de cada atividade, o que é e quanto custa, ficando a critério de cada um escolher o que quer fazer.

Quem passa um tempo na “Universidade” da KidZania, acaba sendo remunerado com mais dinheiro nas demais atividades e, se não usar tudo, pode guardar no banco para utilizar numa próxima visita. As profissões funcionam de maneira simples e bem práticas. No caso dos bombeiros, uma das profissões mais acessadas, as crianças sobem num pequeno carro e vão até um “hotel em chamas” para apagar o fogo. Já outras optam por fotografar, desfilar, entregar correspondências, cantar numa banda, com direito a instrumentos de verdade. Na área gastronômica, é possível produzir chocolates, pizzas, balas, entre outros. Segundo Lucio, o parque ainda passa por adaptações. “Nós avaliamos as particularidades de cada país. Estamos vendo o que funciona melhor aqui para trazer mudanças. No caso, tivemos uma celebração da Páscoa e faremos Festa Junina”.

KidZania-7

Em meio a um amontoado de marcas e empresas, que patrocinam os estabelecimentos da cidade e que, segundo Lucio, estão proibidas de fazerem qualquer tipo de propaganda lá dentro, as crianças se divertem e as babás aguardam. No feriado do Carnaval, houve lotação máxima no parque, de 1200 pessoas. O ambiente seguro, no qual as crianças e os responsáveis ficam conectados por meio de uma pulseira inteligente e só podem sair juntos do local, é um dos grandes motivos dos pais confiarem em deixar os filhos lá o dia todo.

No caso, fica á critério dos pais incentivarem ou não as crianças, chamadas de “senhores” e “senhoritas”, a assumirem papéis de adultas, por algumas horas ou até mesmo alguns vários dias, visto que muitas delas acabam voltando. “É a primeira vez que venho. Achei muito divertido. O parque é todo construído para o mundo lúdico deles. Eles foram médicos, saíram de ambulância, e agora são cantores de rock”, contou a mãe Giovana Drago ao Hypeness, enquanto aguardava o filho de sete anos terminar seu ensaio para uma pequena apresentação.

Perguntamos se esta vivência poderia influenciá-lo no futuro, na hora da escolha da profissão. “Acho que isso faz com que eles tenham experiências, de coisas que supõem que já são. Não sei se isso decide o que vai acontecer com eles daqui há 10 anos”. E, de fato, não temos como prever isso. Pelo lado positivo, é interessante que as crianças experimentem e se identifiquem com algumas profissões e tenham noções de economia, como controlar e no que investir o dinheiro, por exemplo.

Apesar de tudo ser encarado como uma grande brincadeira para os pequenos e pré-adolescentes, cabe uma reflexão não exatamente sobre o modelo de parque em si, mas sobre o tipo de passeio familiar que estamos acostumados nas grandes cidades, além da falta de participação nas atividades lúdicas do filho. Claro que muitos deles ainda se esforçam para estar presentes, como é o caso da nossa entrevistada, a Giovana, que foi tiete do filho durante o show.

Se, de fato, essas experiências vão influenciar a escolha das profissões dos pequenos no futuro, é difícil dizer. O interessante é que este tipo entretenimento pode começar a plantar pequenas sementes na cabeça das crianças de um jeito sutil e em forma de brincadeira.

KidZania-25

KidZania-18

KidZania-38

KidZania-34

KidZania-16

KidZania-21

KidZania-12

KidZania-13

KidZania-14

KidZania-17

KidZania-37

KidZania-35

KidZania-41

KidZania-43

KidZania-42

KidZania-26

KidZania-19

KidZania-22

KidZania-24

KidZania-28

KidZania-30

KidZania-31

KidZania-32

KidZania-40

KidZania-4

KidZania-7

KidZania-5

KidZânia @ Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970, Pinheiros – segundo subsolo Tel.: (11) 3995.4500 Funcionamento: 9h às 14h e das 15h às 20h, todos os dias Preços: criança R$ 120 / Adulto R$ 50, Idade: entre quatro e 14 anos coberturahype

Publicidade Anuncie


Brunella Nunes
Jornalista por completo e absoluto amor a causa, Brunella vive em São Paulo, essa cidade louca que é palco de boa parte de suas histórias. Tem paixão e formação em artes, além de se interessar por ciência, tecnologia, sustentabilidade e outras cositas más. Escreve sobre inovação, cultura, viagem, comportamento e o que mais der na telha.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Concorrente da Empiricus promete doação a crianças com câncer se Bettina comprovar ganhos