Empreendedorismo

Empreendedor fatura R$ 50 milhões por ano com máquinas de fazer coxinha e outros salgados e doces

por: Redação Hypeness

Nós já contamos aqui no Hypeness como esta brasileira conseguiu fazer sucesso vendendo coxinhas, um dos salgadinhos mais queridos do Brasil, a R$ 1. Agora, a revista PEGN nos mostra como um outro brasileiro conseguiu sair da crise, empreender e faturar R$ 50 milhões por ano vendendo máquinas para a fabricação de coxinhas e outros salgados e doces.

Gilberto Poleto, hoje com 66 anos, começou no ramo alimentício quando tinha 28 anos de idade, ao assumir uma posição de administrador financeiro em uma empresa de molhos de tomate. A partir disso, ele trabalhou em outras empresas e arriscou abrir a sua própria, que importava máquinas para a produção de massa de pizza.

A empresa recebia atenção secundária, mas quando ele perdeu o emprego em 1993, devido a uma crise no setor, logo confiou de vez no negócio. Percebendo as necessidades do mercado brasileiro e o amor pela coxinha, Gilberto importou uma máquina italiana e a adaptou para a fabricação do salgado. Foi aí que a Bralyx começou a fabricar máquinas compactas, para pequenos e médios empreendedores, a preços entre R$ 20 mil e R$ 90 mil.

Hoje, a empresa tem máquinas para diversos tipos de salgados e doces, incluindo os populares cupcakes. Faturando cerca de R$ 50 milhões por ano, a Bralyx já alcançou até o mercado internacional, que já representa 20% do faturamento da empresa. E viva a coxinha!

bralyx1

bralyx2

bralyx3

bralyx4

bralyx5

bralyx6

bralyx7

bralyx9

bralyx10

bralyx11

Todas as imagens © Bralyx

[Via PEGN]

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Esta brasileira é uma das 50 mais influentes do mercado de cannabis