Inspiração

Prefeitura de SP apoia gestantes de baixa renda com táxi gratuito para o hospital

por: Redação Hypeness

O período da gravidez é um momento muito especial e as mulheres precisam receber todos os cuidados possíveis. Para assegurar às mulheres segurança e conforto nos momentos que antecedem ao parto, foi aprovado nesta terça-feira (12 de maio), em primeira votação, pela Câmara Municipal de São Paulo, o projeto do vereador Jair Tatto (PT) “Vale Táxi Gestante”, no qual as mulheres de baixa renda poderão usar gratuitamente um táxi para irem ao hospital na hora do parto.

O benefício do “vale táxi” será muito útil para evitar que as mulheres passem pelo desconforto e lentidão dos transportes públicos. As mães terão direito a ir e voltar dos hospitais públicos sem pagar nada. O vereador do projeto diz: “Garantindo às gestantes de baixa renda acesso ao transporte mais confortável e seguro, de forma gratuita, podendo desta forma realizar o parto nos hospitais da rede pública, e contribuir para que esta mãe e seu bebê consigam obter o máximo de aproveitamento, tanto na área de saúde como na área social, de um momento tão sublime que é o nascimento”.

Para ter acesso ao benefício e obter um bilhete para as viagens de táxi, as mulheres deverão realizar um cadastro na Secretaria Municipal de Assistência Social. O texto ainda precisa passar por uma segunda votação e, em seguida, será remetido para o Prefeito Haddad (PT), para sanção ou veto.

gravida 6

Imagem via Envolverde

gravida 7

Foto © Fernando Donasci/Folha Imagem

gravida 01

 Imagem via Clinipam

gravida 3

 Imagem via Clinipam

 gravida 8

Imagem via Mulher Negra & Cia

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O Pasquim: jornal de humor que desafiou a ditadura ganha exposição em SP ao completar 50 anos