Inovação

Alunos do ensino médio de SP vão poder escolher disciplinas a partir do ano que vem

por: Redação Hypeness

Depois de mostrarmos algumas escolas inovadoras pelo mundo, incluindo as brasileiras, eis que surge uma ótima notícia para os estudantes do sistema de ensino público de São Paulo: a partir de 2016, escolas iniciam mudanças na grade, onde alunos poderão escolher as disciplinas que querem cursar, de acordo com seus interesses e aptidões. Ou seja, a educação paulistana pode terminar o ano ganhando nota 10.

O plano da Secretaria Estadual de Educação anunciou as mudanças recentemente, alegando que a ideia é tornar a maior parte do curso do ensino médio em matérias optativas, sobretudo no 2º e 3º ano, quando os alunos já estão aflitos com vestibular e a escolha de uma carreira. Assim, cada um montará sua grade e o interesse pelos estudos só tende a crescer, afinal, pode deixar de ser chato ir para a escola. Com o sistema atual à beira da falência, é fundamental trazer mudanças, tanto na forma como também no que diz respeito ao salário dos professores.

A área pedagógica ainda está definindo e acertando os detalhes desta grande mudança, considerada a maior do país até o momento. O Conselho Estadual de Educação (CEE) deverá discutir a proposta no segundo semestre de 2015, mas está prevista a inclusão de algumas disciplinas optativas, como o Teatro.

A cidade de São Paulo possui, desde 2011, a Escola de Tempo Integral, que atualmente conta com 257 unidades, na qual o aluno tem grade flexível e serve como inspiração para novas vertentes.

escolasp

escolasp2

Fotos: Reprodução/Secretaria Estadual de Educação

escolasp4

escolasp3

escolasp6

escolasp5

Fotos © Milton Michida /A2 Fotografia via

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Pesquisador desenvolve caixão ecológico que transforma seu corpo em adubo em 3 anos