Criatividade

Campanha “engana” a internet com Instagram de imigrante ilegal tentando entrar na Europa

por: Redação Hypeness

Mais uma vez, a internet pega todo mundo desprevinido e nos traz surpresas. O que poderia ser uma grande e inspiradora história acaba de ser revelada como uma campanha publicitária. No caso, o personagem Abdou Diouf, um homem de Dacar que tentava entrar na Europa e fazia postagens sobre sua saga no Instagram, foi revelado como fonte de marketing de um festival de fotografia que vai acontecer no norte da Espanha.

As imagens mostravam a rotina de Diouf, que fazia questão de compartilhar suas histórias, como a despedida da família, a caminhada no deserto, a carona escondida que havia pego num caminhão para cruzar a fronteira com o Marrocos e uma perigosa jornada até a Espanha, onde tentaria entrar sem documentos. O personagem ainda afirmou que tinha pago 2 mil euros para entrar no continente europeu.

Com tantas aventuras, o viajante senegalês facilmente ganhou e cativou fãs na rede, chegando a mais de 10 mil seguidores em apenas uma semana. A conta deixou de ser atualizada quando o suposto imigrante teria sido capturado por autoridades migratórias espanholas. Os comentários no Instagram fictício foram de todos os níveis possíveis: alguns racistas, outros que diziam para ele ir embora do país e muitos outros recados de apoio, com pessoas torcendo para que os sonhos do africano se tornassem realidade.

E todo mundo caiu direitinho na pegadinha, incluindo portais de notícias como Huffington PostDaily Mirror, que replicaram a história como se fosse verdadeira. Nesta semana, porém, a farsa chegou ao fim com o anúncio de que este Diouf nunca existiu e sim foi interpretado pelo jogador de handebol Hagi Toure, que vive na Espanha há 10 anos, com fotos clicadas por Tomás Peña para promover o festival Getxophoto.

A inocência e desconhecimento geral foi tanta, que inclusive o nome Abdou Diouf foi “emprestado” de um ex-presidente do Senegal e ninguém notou. Peña afirmou que a ação teve como objetivo trazer uma reflexão sobre como europeus tratam imigrantes. Será? No site do festival, foi colocado até um vídeo com o resumo da trajetória fake do personagem:

Abdou_fake5

Abdou_fake6

Abdou_fake2

Abdou_fake

Abdou_fake3

Abdou_fake4

 Todas as imganes via reprodução

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘História no Paint’: como a página ensina história por meio de memes