Cobertura Hypeness

Exposição “Invento” reúne grandes invenções com toques de artistas contemporâneos em SP

por: Brunella Nunes

A capacidade criativa do ser humano está reunida em duas vertentes na mostra  “Invento – As Revoluções que nos Inventaram”: arte e grandes invenções dos últimos 150 anos. Com cerca de 35 obras de 30 artistas contemporâneos mundiais, a exposição em cartaz na Oca, em São Paulo, une tecnologia, ciência, interação e até mesmo um sanatório que mistura arte e psicologia.

O poder de transformação de inventos como o rádio, o elevador, a máquina de escrever e o carro, é o fio condutor da exposição. Multidisciplinar e interativa, traz conteúdos exclusivos sobre a importância histórica de cada criação, além de um catálogo com todo o material da mostra e texto assinado pelo historiador americano Joshua Decter.

Logo na entrada, um enorme Domo Geodésico, estrutura arquitetônica esférica composta por triângulos e muito cálculo, traz interatividade para o público. No caso, as pessoas podem se divertir balançando cada vez mais alto lá dentro. Outro destaque vai para a guitarra elétrica Bender Distortocaster personalizada por Andy Warhol para Lou Reed, da lendária banda Velvet Underground, em 1967. O instrumento foi inspirado na famosa banana em decomposição que estampou a capa do disco de estreia da banda e se tornou um forte símbolo na cultura musical.

MostraInvento-21

 MostraInvento-7

MostraInvento-8

MostraInvento

MostraInvento-2

Na instalação interativa Experiment in F#Minor, de Janet Cardiff e George Bures Miller, diversos tipos de caixas acústicas foram garimpadas em antiquários para serem acionadas pela presença do público. Quanto mais pessoas se aproximam das caixas, mais densidade ganha o som da orquestra, fazendo da ação um processo de criação coletiva.

 MostraInvento-4

MostraInvento-5

Já Julian Opie, responsável pela identidade visual de bandas como U2 e Blur, representa o celular como uma extensão do corpo humano na atualidade. Sua chamativa obra, a a animação Mechanic, reproduz uma silhueta em movimento que está focada no aparelho enquanto caminha.

Outra obra interessante que faz uso de luz é Crepúsculo, de Christian Boltanski. Foram colocadas 480 lâmpadas incandescentes que queimarão uma a uma, de hora em hora, até o final da mostra, fazendo alusão ao fim da comercialização deste tipo de bulbo, inventado por Thomas Edison há anos atrás. O artista Olafur Eliasson traz à tona uma invenção importante em Little Sun. No caso, criou uma lâmpada LEDenergia solar capaz de fornecer luz por até dez horas, criada pelo artista com o objetivo de favorecer populações que não têm acesso à eletricidade.

MostraInvento-18

 MostraInvento-9

MostraInvento-35

MostraInvento-30

MostraInvento-26

Uma das obras mais curiosas e divertidas representa o elevador, que para o artista Leandro Erlich é muito mais do que um meio de transporte, sendo um ambiente de encontros. Em Elevator Pitch, que reproduz um elevador de verdade, as portas trazem surpresas a cada vez que se abrem. Ainda pelos imensos espaços da Oca, é possível notar um “caminhão invisível”, uma TV que mais se parece com um robô, uma instalação barulhenta feita com betoneiras o em sincronia, dois fuscas que lembram o símbolo taoísta yin-yang e muitas outras maluquices.

MostraInvento-34

MostraInvento-22

MostraInvento-24

MostraInvento-36

MostraInvento-25

E falando em maluquice, uma das coisas mais legais da mostra é o trabalho Sanatorium, de Pedro Reyes. Se pondo à solidão do divã na psicanálise, o sanatório montado na exposição propõe aos visitantes uma experiência terapêutica coletiva. São seis ambientes participativos, nos quais o brincar e a conexão com o outro têm papel crucial, inspirado pelo método de Paulo Freire e as terapias de Lygia Clark e Augusto Boal.

MostraInvento-12

MostraInvento-13

MostraInvento-14

MostraInvento-15

MostraInvento-16

MostraInvento-3

MostraInvento-10

MostraInvento-11

MostraInvento-6

MostraInvento-20

MostraInvento-29

MostraInvento-32

MostraInvento-38

MostraInvento-37

Invento @ Oca | Até 04.10.15

Parque Ibirapuera (São Paulo) subsolo e 1° andar

 Av. Pedro Álvares Cabral – Portão 3 – SP

Tel.: (11) 5082 1777 Horários: terça a domingo, das 9h às 17h – Entrada gratuita

 Todas as fotos © Brunella Nunes | Hypeness

se-2

Publicidade


Brunella Nunes
Jornalista por completo e absoluto amor a causa, Brunella vive em São Paulo, essa cidade louca que é palco de boa parte de suas histórias. Tem paixão e formação em artes, além de se interessar por ciência, tecnologia, sustentabilidade e outras cositas más. Escreve sobre inovação, cultura, viagem, comportamento e o que mais der na telha.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Netflix reabre cinema histórico de NY para exibir seus filmes