Inspiração

Como ela está desafiando as convenções sobre o que é ser transgênero

por: Redação Hypeness

A associação de um gênero está muitas vezes ligada a padrões estéticos e nos damos conta disso quando afirmamos, por exemplo, que uma pessoa trans ficou “igual” ao gênero adequado após a transição realizada com tratamentos hormonais e cirúrgicos. Mas, devemos aceitar tal convenção?

Sentir-se masculino ou feminino não é algo determinado apenas pelo que vestimos ou pela estrutura do nosso corpo. Felizmente, temos exemplos de vida que estão disponíveis a discutir e romper com certos paradigmas, como a psicoterapeuta e fotógrafa Alex Drummond, da cidade de Cardiff, no País de Gales. Com 51 anos, adotou o gênero feminino há seis, sem, porém, se submeter a cirurgia de adequação de sexo ou fazer tratamentos hormonais.

Drummond considera-se lésbica e acredita que seu exemplo pode aumentar a amplitude do gênero: “Se uma criança olhar para mim e pensar ‘Uau, quer dizer que as coisas não são tão simples como rosa ou azul, futebol ou balé, deve haver 101 possibilidades entre esses extremos’, acho que terei feito o bem maior”.

Ela narrou sua jornada no livro Grrl Alex, disponível e concedeu uma entrevista ao BuzzFeed, discorrendo sobre seu dia a dia, sua relação com as mulheres, o bullying que sofreu na infância e mais.

Assista abaixo a um vídeo do canal My Genderation em que Drummond discute temas como sua transição e desconstrução de gênero:

trans8

trans1

trans2

trans3

trans4

trans5

trans6

trans7

Todas as imagens via YouTube

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Estúdio oferece tattoos grátis para cobrir cicatrizes de tentativas de suicídio