Inovação

Programa permite que presos adestrem animais que seriam sacrificados por mau comportamento

por: Redação Hypeness

Depois dos cachorrinhos que mudaram a vida de dois ex-presidiários (sobre os quais falamos aqui), uma outra iniciativa está unindo animais abandonados e detentos de penitenciárias do Estado da Geórgia, nos Estados Unidos. É o projeto Jail Dogs (“Cães de Cadeia”, em tradução livre).

A ideia é fazer com que cães (e gatos) e presidiários se ajudem. Como? Incentivando os detentos a adestrar animais que seriam sacrificados por serem muito violentos. O projeto utiliza os bichinhos de um Centro de Zoonoses da região como “modelos vivos” no processo de adestramento, permitindo que os presidiários aprendam sobre adestramento na prática.

cat9

Os animais que participam do projeto seriam sacrificados por causa de seu comportamento violento. Mas, após 12 semanas de tratamento intensivo dentro do presídio, eles são encaminhados para a adoção. Durante esse tempo, os detentos são os responsáveis não apenas pelo adestramento, mas também pela alimentação e higiene dos animais. Com isso, eles também aprendem uma profissão, facilitando o seu processo de ressocialização após o término da pena.

Segundo os organizadores do projeto, muitas pet shops e clínicas veterinárias já estão começando a contratar pessoas que se envolveram no programa.

Quem sabe o sucesso da iniciativa não faz com que ela seja replicada por aqui também? A gente apoia a ideia, onde todos saem ganhando!

cat5

Abaixo dois vídeos sobre a iniciativa:

cat6

cat7

cat8

cat1

cat2

cat3

cat4

Todas as fotos: Reprodução

[via]

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Companhia aérea vai implantar beliches na classe econômica