Inovação

Biblioteca humana dispensa livros e desafia a aprender ouvindo histórias na primeira pessoa

por: Redação Hypeness

Não julgue um livro pela capa! É desta maneira que a Biblioteca Humana se apresenta em seu site oficial. Fundada em Copenhagen, na Dinamarca, em 2000, como iniciativa da ONG Stop the Violence! O projeto se espalhou mundo afora com o intuito de levar o aprendizado através de livros mais que interativos: as próprias pessoas.

O acervo da biblioteca conta com assuntos relacionados a experiências humanas e podem ser acessados através da contação destas histórias pelas próprias pessoas que a vivenciaram. A instituição trabalha, principalmente, com grupos de voluntários que geralmente são estereotipados pela sociedade, como minorias sexuais, religiosas ou raciais.

Dentre as histórias da sede dinamarquesa, destacam-se depoimentos como o “Rapaz do Orfanato”, “Crianças sobreviventes do Holocausto” e “ A história de um cigano”.

biblioteca8

Ao escolher uma história para ouvir, o usuário é levado até uma área de discussão onde conhece a pessoa que ministrará o conteúdo. Lá, ele poderá escutar o “livro humano” e questionar, tirar dúvidas: tornando a experiência enriquecedora para ambas as partes.

A fim de incentivar o diálogo e promover o compartilhamento de culturas diferentes surgiu o projeto. Segundo a instituição, “o propósito é desafiar o que nós pensamos saber sobre outros membros da comunidade, desafiar os nossos estereótipos e preconceitos num ambiente positivo, onde as perguntas difíceis são aceitas, esperadas e agradecidas”.

biblioteca2

biblioteca3

biblioteca4

biblioteca5

biblioteca6

biblioteca7

Todas as imagens via Facebook

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Esta estação de rádio no Arkansas é totalmente movida a energia solar