Inovação

Biblioteca humana dispensa livros e desafia a aprender ouvindo histórias na primeira pessoa

20 • 10 • 2015 às 06:58
Atualizada em 20 • 10 • 2015 às 08:47
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Não julgue um livro pela capa! É desta maneira que a Biblioteca Humana se apresenta em seu site oficial. Fundada em Copenhagen, na Dinamarca, em 2000, como iniciativa da ONG Stop the Violence! O projeto se espalhou mundo afora com o intuito de levar o aprendizado através de livros mais que interativos: as próprias pessoas.

O acervo da biblioteca conta com assuntos relacionados a experiências humanas e podem ser acessados através da contação destas histórias pelas próprias pessoas que a vivenciaram. A instituição trabalha, principalmente, com grupos de voluntários que geralmente são estereotipados pela sociedade, como minorias sexuais, religiosas ou raciais.

Dentre as histórias da sede dinamarquesa, destacam-se depoimentos como o “Rapaz do Orfanato”, “Crianças sobreviventes do Holocausto” e “ A história de um cigano”.

biblioteca8

Ao escolher uma história para ouvir, o usuário é levado até uma área de discussão onde conhece a pessoa que ministrará o conteúdo. Lá, ele poderá escutar o “livro humano” e questionar, tirar dúvidas: tornando a experiência enriquecedora para ambas as partes.

A fim de incentivar o diálogo e promover o compartilhamento de culturas diferentes surgiu o projeto. Segundo a instituição, “o propósito é desafiar o que nós pensamos saber sobre outros membros da comunidade, desafiar os nossos estereótipos e preconceitos num ambiente positivo, onde as perguntas difíceis são aceitas, esperadas e agradecidas”.

biblioteca2

biblioteca3

biblioteca4

biblioteca5

biblioteca6

biblioteca7

Todas as imagens via Facebook

Publicidade

Canais Especiais Hypeness