Viagem

Uruguai venderá maconha legal nas farmácias a partir do ano que vem

por: Redação Hypeness

Após quase dois anos em que a lei que regula o mercado da maconha sob o controle do Estado foi aprovada, o governo do Uruguai anunciou na última quinta-feira, 1º de outubro, que duas empresas serão responsáveis pelo cultivo da erva e que a venda desta em farmácias se dará num prazo não menor a oito meses.

O Uruguai é o país pioneiro na legalização da erva para uso medicinal. A lei foi aprovada em dezembro de 2013 e, após um processo de qualificação técnica e seleção feita pelo Instituto de Regulação e Controle de Cannabis (Ircca), duas empresas, das 22 que se postularam, tiveram licença do governo para produzir e distribuir Cannabis para uso psicoativo.

O motivo do adiamento deste processo se deu, segundo o governo uruguaio, devido aos maiores prazos às empresas para assegurar que “não ocorram falhas”, considerando que o país é pauta internacional quando se trata do assunto.

uruguai2

Para se adequar ao preço das vendas ilegais, a meta é vender o grama da erva por US$ 1: “Parece correto que se siga apostando que o grama de cannabis custe US$ 1 e continue sendo competitivo com o mercado negro, porque é um dos objetivos principais da política“, declarou à Efe Hernán Delgado, da ONG Proderechos.

Acabar com o comércio do narcotráfico foi uma das maiores razões para que José Mujica aprovasse a lei pioneira. Atualmente existem mais de 3 mil usuários legais no Uruguai, entre cultivadores domésticos e os organizados em clubes canábicos.

[via]

Todas as imagens: Divulgação

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Tobago: florestas exuberantes e praias paradisíacas são alguns dos bons motivos para visitar a ilha