Viagem

Estudo aponta 5 motivos pelos quais viajar nos faz mais felizes do que ter bens materiais

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

O que é melhor: acumular riquezas para comprar coisas ou juntar grana para investir em experiências inesquecíveis? Segundo o psicólogo Thomas Gilovich, a segunda opção é o caminho certo para quem quer ser feliz. Ele realizou um estudo sobre o assunto para comprovar que os bens materiais estão bem longe da satisfação pessoal que uma viagem é capaz de trazer.

O dinheiro é tão necessário quanto sua habilidade de saber gastá-lo. Todos precisam dele para viver, mas este não deve ser o motivo maior que move a vida. Ou seja, o primeiro passo é estar no comando da situação financeira e não ser dominado por ela. Para comprovar sua teoria, Gilovich resolveu montar uma lista de 5 razões pelas quais viajar é muito melhor do que passar o tempo comprando e acumulando:

1. É muito difícil comparar viagens, ao contrário de coisas

Uma coisa é fato: um bem material precisa ser muito especial para não te cansar rapidamente. Se compra um carro, faz um grande investimento, mas após seis meses a empolgação com ele já não é a mesma e após um ano de uso ele já está desatualizado e desvalorizado. A viagem, nem que não seja tão distante de casa, jamais vai ser igual àquela que você fez ano passado. Não importa o destino e sim a maneira como você vai aproveitá-lo.

2. Viajar aproxima mais os casais e as pessoas, coisas nem sempre

Você pode muito bem comprar uma passagem e ir para um destino sozinho ou acompanhado que não voltará da mesma maneira que foi. A viagem envolve tantas experiências no percurso que fica dificil não retornar para casa se sentindo melhor. Se é um casal, a fuga da rotina sempre beneficia; se é uma família, os membros se aproximam e acumulam lembranças; se é sozinho, sempre vai conhecer pessoas legais e prestativas pelo caminho. Já os bens materiais… às vezes viram até motivo de briga e inveja.

viagem

3. Viajar abre a tua mente e muda a tua concepção do mundo

Como mudar tanto a cabeça se você está parado no mesmo lugar? Impossível. O conhecimento de novas culturas expande o pensamento para onde você não alcançaria sem cruzar fronteiras. O contato com outras línguas, experiências de vida e olhares rejuvenescem, trazem o frescor necessário para novos obstáculos e perspectivas que nem um livro seria capaz de trazer.

Publicidade

4. A experiência de uma viagem fica para sempre, a compra de um bem torna-se obsoleta

As coisas têm prazo de validade. Com o tempo, elas estragam, quebram ou perdem a graça. Até mesmo a mais bela das jóias pode não ter o mesmo brilho nos teus olhos com o passar dos anos. Enquanto isso, viajar fica ali, na memória e sempre arranca um sorriso do rosto, o desejo de querer mais. Nada compra este entusiasmo.

5. A viagem te ensina a cultivar o desapego

Caso você ainda não tenha se dado conta, a vida é passageira e não cabe a nós decidir quanto tempo temos. Tendo isso em mente, que tal praticar o desapego? Não descontar as frustrações do dia a dia torrando o dinheiro é uma forma de o fazer, já que as compras só acabam frustrando ainda mais depois que você percebe o rombo no bolso.

O mesmo não acontece com as viagens, porque dificilmente você vai se arrepender de ter feito uma. É uma libertação do cômodo, da rotina, do espaço comum e até dos ciclos viciosos. O aprendizado do desapego é diário, a começar pelo fato de que você já deve deixar suas coisas para trás assim que põe os pés para fora de casa.

viagem4

Depois de viajar você não é mais a mesma pessoa. E essa é uma das melhores sensações do mundo, que não está à venda no mercado.

FaixaCursoND

Publicidade Anuncie


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Turistas vão poder visitar estúdios de ‘Game Of Thrones’ na Irlanda do Norte