Arte

Os incríveis murais da brasileira que usa o grafitti para combater a violência contra as mulheres

por: Redação Hypeness

Mais do que nunca as mulheres assumem sua voz, mas nem sempre isso basta. É preciso ter ferramentas e formas de canalizar opiniões, desejos e protestos. Foi no grafitti que a carioca Panmela Castro, 34, conseguiu fazer isso. Desde 2010, a artista plástica e grafiteira usa as paredes das cidades do mundo e latas de spray para falar sobre assédio, aborto e feminismo.

Foi assim que ela conseguiu se recuperar de um casamento conturbado, cercado por violência doméstica e, hoje, está à frente da Rede Nami, projeto que une feminismo e arte urbana no intento de combater a violência contra a mulher e ajudar aquelas que estão em situação de vulnerabilidade.

Em meio a cores intensas e figuras femininas, nos painéis, além do tema, o elemento comum tem três dígitos: 180, o número do disque-denúncia. Conheça um pouco do trabalho de Panmela:

panmela-castro

panmela-castro2

panmela-castro3

panmela-castro5

panmela-castro6

panmela-castro7

panmela-castro8

panmela-castro9

panmela-castro10

ana3

Todas as fotos via Panmela Castro

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Atriz que viverá escrava sexual em novela fala sobre cura de estupro de diretor e agressão do namorado