Sustentabilidade

O biólogo que está recuperando sozinho um manguezal no Brasil

por: Redação Hypeness

Patrocinado por:
Notice: Undefined index: facebook_titulo in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/single.php on line 90

Os mangues são ecossistemas muito importantes na natureza, pois funcionam muitas vezes como um espaço para que filhotes de peixes, crustáceos, mamíferos e até mesmo aves possam encontrar abrigo contra predadores enquanto crescem. Porém, muitos destes espaços estão sendo constantemente destruídos pela construção de hotéis e especulação imobiliária em algumas regiões.

O mangue da Lagoa de Itaipu, em Niterói, estava passando por esse processo, tendo alguns de seus trechos degradados e assoreados. Se não fosse o olhar atento e a dedicação do biólogo marinho Luiz Gonzaga, o local continuaria assim. Porém, ele colocou suas mãos para trabalhar a serviço da natureza, plantando sozinho mais de 2 mil mudas de vegetação rasteira no local, desde 2012.

mangue1

A primeira região reflorestada por ele foi a beira do canal Camboatá, cuja vegetação já se encontra suficientemente grande. A iniciativa ocorre em parceria com o Parque Estadual da Serra do Tiririca, que disponibiliza material, transporte e pessoal para que o projeto possa ser desenvolvido.

Mesmo assim, o trabalho fica por conta de Luiz Gonzaga, que utiliza as sementes do próprio local, que são deixadas quando a maré esvazia, e, com isso, não precisa gastar nada para recuperar a vegetação. As garrafas PET abandonadas na região também são reutilizadas, servindo para envolver as mudas e protegê-las dos caranguejos, que são herbívoros.

Com a recuperação do mangue, já é possível encontrar por lá diversos crustáceos, aves e peixes, que fazem desse ecossistema o seu habitat.

mangue2

mangue3

mangue4

mangue5

mangue6

Todas as fotos: Explore Niterói.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Selos postais alertam para crise climática na Finlândia