Inspiração

Assista ao emocionante discurso de Marcelo Caetano, primeiro formando trans e negro da UnB

por: Redação Hypeness

As universidades brasileiras não são para todos. Com bem menos vagas que candidatos, os vestibulares selecionam os aprovados, num sistema que privilegia aqueles que, durante toda a vida, puderam bancar educação particular de qualidade.

Marcelo Caetano Zoby, de 25 anos, é um exemplo de aluno que superou barreiras para se formar em uma universidade pública. E foram várias. Negro e transexual, ele foi o primeiro da Universidade de Brasília (UnB) a garantir o direito de ser conhecido por seu nome social.

Em sua formatura, fez um discurso que expôs a seletividade do curso de Ciência Política. Apontando para a academia, a universidade, a polícia e a sociedade, ele arrancou aplausos de grande parte do auditório.

“A universidade é para quê? Para cabe quem?”; “Seu olhar branco, macho e eurocentrado justifica-se com metodologia” e “Como cientistas políticos temos lugar para dizer o que é democracia(…), Estado Democrático de Direito é seu nome. Será mesmo?” foram algumas das provocações feitas por Marcelo.

Confira todo o discurso no vídeo abaixo:

1

12744719_10153946781557351_7436730689375394531_n

Imagens:Reprodução

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Coelho sem pelos com condição genética rara bomba no Instagram